16 Comentários

  1. ZILDA

    Eu terminei a quimioterapia em maio e desde que comecei tenho essesse esquecimentos, são lapsos na memória que te tiram da realidade. Adorei a tua explicação. Para mim tem sido bem difícil porque descobri o câncer no primeiro ano do meu doutorado e essé esquecimentos têm me prejudicado, mas vou seguir tuas dicas.


  2. kkkkkkkk terminei meu tratamento há 1 ano e ainda não estou 100%. Alimentação, leitura, aprender alguma coisa nova, ajuda a trabalhar a memória. É o que tenho feito.

  3. Roberta Marques

    Paty, me vi em cada linha do teu post. Meu deficit (prefiro a definição do teu masto) ficou mãos intenso, quando em julho tive que ficar internada pós 5° ciclo de quimio. Passei 12 dias internada e recebendo altas doses de antibioticos e antivirais, e aí sabe o ditado que fiz, que nada está tão ruim que não possa piorar??? Pois é… fiquei completamente lerda (essa é a melhor definição!) Não conseguia compreender o que as pessoas me perguntavam, não lembrava de horários de remédios, meu pai precisava ficar me ligando todos os horários, não tinha coordenação motora para digitar uma mensagem. Quando falava, percebia que minha linguagem estava alterada, parece que falava em câmera lenta…. Hoje estou bem melhor, acabei as quimios, porém ainda muito esquecida!!! Quanto tempo dura isso pelo amor??????

  4. Rejane da Silva brito

    A dois anos passado teve câncer de mama hoje estou curada não tenho metástase mas estou com um esquecimento tenho 51 anos mas acho que não era minha idade agora descobrir que foi a quimeo que fiz vou pesquisar mas sobre isto obg estou sempre te seguindo tenha um bom dia.

Página 1 de 4 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *