17 Comentários

  1. claudiani

    Boa tarde!
    E de repente, eu estava com câncer! Assim, do nada, com meus exames em dia.
    Tenho 43 anos, professora, casada e mãe de três filhos.
    Ano passado, em maio, comecei c sangramentos. Em junho e julho hemorragias. Final de julho, após uma curetagem, biopsia e uma ligação do meu gineco: ” a biopsia acusou neoplasia uterino .” Imediatamente ele ja me mandou p onco. Estava c câncer na cavidade atrás do colo do útero, mas ainda dentro do útero, indo p os parametrios. 20 rádios, 2 quimeos e 4 braquiterapias.
    Em out do ano passado, ao realizar o primeiro exame após tratamento, surpresa!!! Nódulos no pulmão, que segundo meu medico, migraram pela corrente sanguinea, antes do tratamento. Sabe-se lá! Mas ainda nao era hora de tratar. Pois eram micro nódulos.
    Em fev pedi alta, voltei a dar aula💝. Em final de abril, novos exames e a frase: ” vamos tratar…agora é a hora”.
    Então, vamos lá. De maio a agosto, seis sessões de quimeo, c intervalos de 21 dias.Diante de todos os sintomas, licença saúde novamente. Exame pos quineo… As metástases diminuiram muito, quase a nada, secaram 🙏. Agora, exames dw controle dw 3em 3 meses.
    E cá estou eu, após tet lido o teu relato, Patrícia, para te dizer que me identifiquei muito com tuas palavras. Aliás, tenho lido tuas postagens, e em cada uma delas, parece que estou falando comigo mesma. Tudo o que falas, são verdades que estão guardadas dentro dw mim e que, por mais q eu bote p fora c meus familiares e amigos, eles não entendem ( embora façam um esforço p tal), e tu, ao relatar tua passagem pelo câncer, parece ter relatado a minha, com detalhes.
    Obrigada querida, por tua garra, coragem e ânimo para falar a todas nós, que temenos, vivemos e passamos pelo câncer.
    Ah! Só uma colocação final, mas não menos importante: durante esses 15 meses de deserto, tive e tenho um pessoa que me mostrou como lidar com tudo isso… Deus. Então, a Ele, toda honra e toda a glória.
    Um abraço enorme Patricia, muita saúde.

  2. Adriana Marques Martinelli

    Adorei seu comentário tenho muito medo tb fiz cirurgia em2011 na mama meus exames estão td bem só tomo taxamofemo passa muito mal mais resto está td bem


  3. Minha querida, existe uma grande diferença entre assumirmos a responsabilidade pela doença e recuperação da nossa saúde e nos culparmos por que um dia fomos diagnosticadas. tenho certeza que nem eu, nem você desejamos ter um câncer. A culpa nos paralisa e nos impede de retomarmos as rédeas das nossas vidas em nossas mãos. Somos responsáveis, não temos culpa de nada! beijão!

  4. Aidinha

    Até que enfim alguém que me entende porque sou culpada por ter adoecido (somatizado), sou culpada por sentir medo (devo ser exemplo de vencedora), sou culpada por nao ver que existem pessoas em situacao pior, culpada por querer ganhar uns qulinhos num mundo de gente batalhando pra sermagra, eu sou culpada por tudo!!!

← Anteriores Página 2 de 4 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *