79 Comentários

  1. Claudia

    Ótimo artigo , eu também tinha uma vida muito agitada, trabalhava 18 horas por dia , quando recebi o diagnóstico fiquei muito abalada , ideia da morte, de não ter realizado tudo que eu queria, chorei muito no início. Agora sei que tudo vem para fazer com que possamos parar e pensar em tudo que deixamos para traz e repensar nossas vidas com mais positividade.

  2. PATRÍCIA RÉGIA PEREIRA DOS SANTOS

    Paty,…. Amei o texto,… tô na luta, mas vivendo o mais “normal” possível . Quero pensar que vai passar essa fase e pronto. Vida que segue,… Mas certamente não sou mais a mesma pessoa 😀. Me sinto melhor. #DeuséDeus💙
    💋

  3. Léa de Souza Lisboa Machado

    Muito bom o post. Fiz mastecromia na mama esquerda e tirei três lunfonodos da axila. Fiz 4 sessões de quimioterapia vermelha e agora estou fazendo 12 brancas. Precisei colocar cateter pois minhas veias não aguentaram. Estou tentando aprender a mudar minha vida. Precisava. Estava no meio de uma crise na família. Ainda tenho medo. Tenho 51 anos e recomeçar e difícil mas Deus tem me ajudado e você também. Obrigada

  4. Marilda

    Você é simplesmente maravilhosa!!!
    Obrigada por me fazer melhor a cada post seu!!
    Um forte abraço!

  5. Fagna

    Excelente artigo Patrícia,sempre que leio algo que você escreve ou vejo seus vídeos me dá bastante ânimo.
    É muito importante ter fé e esperança pra enfrentarmos o câncer com leveza.
    Sou sua fã,abraço!!!

← Anteriores Página 2 de 16 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *