5 TOP Temperos Anticâncer mais eficientes (comprovado)!

Conheça os Temperos Anticâncer que podem melhorar a eficácia da sua alimentação. Especialmente, caso ela tenha por objetivo a prevenção ou mesmo cura do câncer.

 

 

As especiarias foram usadas por milhares de anos para preservar alimentos.  E tem sido estimada tanto pelo seu gosto quanto para suas propriedades curativas.

Nesse Artigo, irei compartilhar 5 temperos nos quais os cientistas estudaram o antioxidante, anti-tumorigênico (o que significa neutralizar a formação de tumores).

Além das propriedades curativas antimicrobianas dessas plantas saborosas.

Muitas pessoas que me pedem ajuda, alegam que não têm condições financeiras de adotar a Dieta Alcalina, que é a dieta que eu adotei desde o diagnóstico.

Embora, eu acredite que a dieta alcalina seja muito mais barata e fácil de adotar que qualquer outra dieta da moda, eu andei pesquisando alguns alimentos que por si só, já podem ser eficazes para quem deseja fazer uma dieta preventiva ou até mesmo curativa.

Um estudo publicado em 2007 no The Journal of Nutritional Biochemistry identificou 31 especiarias e ervas diferentes que tiveram efeitos anticancerígenos.

Então, se você está atualmente tratando câncer ou simplesmente está interessado na prevenção do câncer,fique comigo até o final.

Pois eu irei compartilhar, neste Artigo, as cinco das principais especiarias mais eficientes, segundo estudos, na luta contra o câncer. 

Esses são os temperos que você deve incorporar em sua dieta regularmente.

5 TOP Temperos Anticâncer mais eficientes

TOP 1- AÇAFRÃO

 

O açafrão ou cúrcuma é um dos nutrientes anticancerígenos mais importantes estudados hoje.

A raiz de açafrão pode ser comprada fresca na sua forma de raiz em feiras orgânicas ou lojas de produtos naturais.

Mas é difícil de encontrar in natura. Porém, encontramos o açafrão em pó com mais facilidade em lojas de produtos naturais e até mesmo supermercados.

Na sua forma seca é popular em pratos asiáticos, especialmente os da Índia.  E é um dos principais ingredientes utilizados na fabricação de curry em pó.

Curcumina é o pigmento amarelo extraído da açafrão e demonstrou benefícios incríveis contra o câncer.

Nos países onde as pessoas comem açafrão diariamente em cerca de 100 a 200 mg (aproximadamente 1-2 colheres de chá) durante longos períodos de tempo, a pesquisa mostrou que há taxas muito mais baixas de certos tipos de câncer.

No que diz respeito à pesquisa sobre  cúrcuma e o câncer , mais de 2.000 estudos publicados mostraram que curcumina combate câncer de mama, próstata, fígado, cólon, pulmão, pâncreas e muito mais.

A curcumina possui a capacidade de matar células cancerosas enquanto deixa as células saudáveis ​​ilesas.

Atualmente, a curcumina está sendo testada em no mínimo 16 ensaios clínicos sobre câncer, incluindo próstata, mama, cólon e osteossarcoma.

Aumentando a biodisponibilidade da curcumina

Um desafio com a obtenção de curcumina suficiente na sua dieta é que ela não é altamente bio-disponível. Em outras palavras, o corpo humano não absorve muito curcumina quando é ingerida sozinha.

Curcumina também não é solúvel em água, apenas em gordura. Portanto, é melhor combinar a açafrão com um óleo saudável, como azeite extra virgem ou óleo de coco sempre que possível nas receitas.

(nunca use óleos vegetais, como milho, soja, canola, girassol, etc.  Pois estes são óleos pró-inflamatórios e geneticamente modificados).

Quando combinados com outros nutrientes poderosos, como o gengibre ou pimenta preta, os efeitos anticancerígenos de curcumina são ainda amplificados à medida que se torna mais facilmente disponível para o corpo.

De acordo com o Dr. Michael Greger, MD, a piperina (o fitoquímico em pimenta preta que lhe dá seu sabor pungente), aumenta a absorção de curcumina em até 2.000%.

 

Formas de incorporar mais açafrão (e curcumina) em sua dieta

A raiz de açafrão tem um sabor leve e pode ser ralada ou picada e adicionada às receitas.

O pó de cúrcuma pode ser usado em ovos, adicionado a sopas e molhos ou  em vegetais.

A adição de açafrão aos vegetais e depois assar adiciona cor e sabor.

Para fazer um Poderoso chá Anticâncer, você pode cortar finamente a raiz fresca de açafrão.

Adicione junto com uma raiz de gengibre ralada ou fatiada a um bule de chá em água quente.

Adoce seu chá se desejado com mel de agave ou stevia.

 

TOP 2- ALHO

O alho pertence a uma família de vegetais que também inclui cebolas, alho-poró, cebolinha,  e cebolas.

Estes temperos são clinicamente comprovados por serem antimicrobianos, antitrombóticos (reduz a formação de coágulos sanguíneos) e aplicações antitumorais.

Foi demonstrado em estudos que o alho reduz reduzir o risco de desenvolver câncer de estômago, cólon, próstata e intestino.

O alho pára as células cancerígenas bloqueando a formação e impedindo a ativação de substâncias cancerígenas.

O alho é um agente antibacteriano forte e foi mostrado para acelerar o reparo do DNA, matar células cancerosas e induzir a apoptose ( uma espécie de suicídio das células cancerígenas).

O alho também foi estudado para os seus compostos que contêm enxofre, que foram encontrados em abundância em fitoquímicos e flavonoides. Ambas potentes substâncias anticancerígenas.

Um estudo realizado no Amala Cancer Research Center na Índia mostrou que o extrato de alho inibiu a carcinogênese química em dois estágios na pele de camundongos.

Estes resultados indicam que o alho tem o potencial como agente anticancerígeno, bem como um promotor antitumoral.

A Organização Mundial da Saúde recomenda comer aproximadamente um dente de alho todos os dias.

Mas atenção, ao preparar o alho, é melhor deixá-lo repousar durante 5-10 minutos após cortar, cortar, esmagar ou macerar.

Isso ocorre porque o alho contém duas enzimas (alliin e alliinase) que são separadas quando o dente de alho está inteiro.

Porém, quando as células são rompidas (através de corte, etc.), estas duas enzimas interagem para formar um novo composto chamado alicina.

Esse composto  possui benefícios cardiovasculares, antibacterianos e anticancerígenos.

Permitir que o alho cortado descanse por vários minutos antes de adicionar outros ingredientes aumentará a produção de alicina .

 

 

TOP 3- PIMENTA

 

Um estudo realizado pela American Association for Cancer Research informa que a capsaicina é capaz de matar células de câncer de próstata.  Forçando-as a sofrer apoptose sem prejudicar células saudáveis.

Outro estudo, realizado em 2007 na Universidade de Nottingham, no Reino Unido, descobriu que células de câncer de pulmão cultivadas em laboratório e células de câncer de pâncreas cultivadas em capsaicina.

Um estudo anterior em 2002 encontrou a capsaicina eficaz na inibição do crescimento de células de leucemia de células T adultas através da indução de parada do ciclo celular e apoptose.

Além de suas propriedades de combate ao câncer, a capsaicina também está sendo estudada para uma grande variedade de outros usos médicos.

Incluindo dor de artrite, dor neuropática e como tratamento tópico para condições dermatológicas que apresentam uma coceira dolorosa, como a psoríase .

Quanto mais quente a pimenta, mais capsaicina contém.

Se você não está acostumado a comer alimentos picantes, vá lentamente no início e aumente sua tolerância.

 

Está em fase de estudos um novo fitoterápico que pode ajudar no tratamento contra o câncer.

A fórmula do medicamento foi desenvolvida por Guilherme Barroso Langoni de Freitas, pesquisador da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e utiliza a capsaicina, substância que dá o ardor às pimentas, como componente principal.

O composto se mostrou eficaz na destruição de células cancerosas no útero, na mama e nas células hepáticas de ratos após quatro anos de testes.

Os efeitos negativos que o excesso da pimenta pode causar, como hemorragias, gastrite e hemorroidas, era uma das grandes preocupações do pesquisador.

Para driblar essa repercussão, Freitas criou uma nanopartícula que transporta a capsaicina pelo organismo e conseguiu garantir a segurança de seu uso.

TOP 4- ORÉGANO

Um fitoquímico benéfico chamado quercetina está presente no orégano. E é conhecido por retardar o crescimento do câncer, bem como promover a apoptose.

Orégano também possui uma molécula muito especial chamada carvacrol .

Carvacrol é um desinfetante natural que pára a propagação de células cancerígenas. Outras ervas que contêm carvacrol são tomilho, manjericão, salsa, manjerona e hortelã.

Formas de adicionar mais orégano à sua dieta

O Orégano tem um sabor excelente na cozinha mediterrânea (italiana e grega). Adicione orégano a marinadas, sopas e molhos.

Adicione orégano depois de saltear ou cozinhar brócolis, abobrinha, cebola, berinjela ou couve-flor. 

Adoro o sabor do orégano adicionado às batatas doces. Faço no forno, adicionando sal marinho, pimenta, páprika e açafrão. E por fim, um fio de azeite. Fica uma delícia!

TOP 5 – SALSA

 

A salsa tem atraído a atenção da comunidade médica por causa de seu conteúdo de apigenina, uma substância natural que seria capaz de prevenir a angiogênese.

Ou seja, a formação de novos vasos sanguíneos por onde o tumor pode receber alimento.

A apigenina contida na salsa seria capaz de impedir que as células cancerosas se alimentassem. Com uma ação semelhante à do fármaco Avastin.

Estudos sobre os efeitos antitumorais da apigenina foram publicados pelas revistas científicas Hormones and Cancer e Cancer Prevention.

 RECOMENDADO:

2 Comentários


  1. Boa tarde!
    Ótimas dicas para entendermos a funcionalidade de cada alimento no nosso organismo!
    Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *