Tomar Refrigerante dá Câncer? 10 fortes razões para você parar de consumir!

Paty,  Refrigerante dá Câncer ? Se faz tão mal pra saúde, por que ainda é vendido?  Por que tanta gente toma?

Essas são as perguntas que  escuto  frequentemente quando falo que não tomo mais refrigerante.

E eu entendo o porquê…

Afinal, o refrigerante aqui no Brasil é mais consumido que frutas, verduras, legumes, apesar do seu valor nutricional ser praticamente nulo!

Esse já deveria ser um motivo para você parar de tomar refrigerante.

Porém, nesse Artigo, eu vou revelar o que estudos científicos recentes falam  sobre refrigerantes.

E você também vai entender  porque eu parei de tomar refrigerante, desde o meu diagnóstico em 2014.

Então, se você ainda toma refrigerante, você tem duas opções:

Continuar  comigo, e descobrir nesse Artigo, 10 fortes razões para você eliminar essa bebida de uma vez por todas da sua vida.

Ou…

Como diz a minha fisioterapeuta, “ continuar nas trevas da ignorância” ,  detonando a sua saúde a cada gole.

Os refrigerantes existem da forma como a gente conhece há mais de 120 anos.

E, no Brasil, segundo informa o IBGE, está entre os cinco alimentos mais consumidos do país.

Pasmem : À frente de qualquer tipo de carne, fruta ou verdura.

Só que,  ao contrário de uma laranja, um brócolis, ou até mesmo um suco da fruta natural,  o refrigerante não tem praticamente nenhum valor nutritivo.

Explosão de consumo

Nos anos 1970 e 1980, uma garrafa de um litro de refrigerante servia uma família de quatro pessoas por um fim de semana.

Se você nasceu nessa década ainda se lembra da garrafa de vidro que a gente precisava levar o casco vazio para comprar.

Mas de acordo com Rosely Sichieri, especialista em nutrição em saúde pública do Instituto de Medicina Social da Uerj, levantamentos nacionais indicam que o consumo da bebida aumentou 500% em relação aos anos 70.

Isso mesmo que você está lendo:  Atualmente a população está consumindo 500% a mais de refrigerante !

Isso acontece porque  surgiram as embalagens de dois litros ou mais.

E em paralelo, o mercado não parou de fazer propaganda associando o consumo dessas bebidas ao bem-estar. Além de lançar marcas mais baratas.

Quem não se lembra das propagandas lindas que a coca-cola fazia com músicas que embalavam toda uma geração? ( Agora você vai saber a minha idade! hehe!)

 

“Coca-cola, um sorriso pra repartir…Pra refrescar…Pra gente curtir… Pra se soltar…Coca-cola  e um sorriso… Sorrir é tão bom que eu quero ver você … Sorrindo comigo…Coca-cola,  dá  mais vida !”

Oi?

Coca-cola dá mais vida?

Realmente a galera que faz o marketing da coca-cola e de vários outros refrigerantes é muito talentosa!

E muitas vezes passa desapercebido os disparates dessas propagandas, que são lindas e inspiradoras, como essa aqui…

Mas cá entre nós, esses atletas não chegaram ao pódio tomando coca-cola!

Aliás, se eu fosse atleta profissional me recusaria a ver minha imagem associada a qualquer produto que não estivesse associado a vida saudável.

Mas infelizmente os cachês milionários falam mais alto…

Então, agora  vou te revelar a causa número 1 para você parar de consumir essas bebidas:

Sim! Tomar refrigerante dá Câncer !

Segundo estudos publicados nas revistas científicas Cancer Epidemiology, Biomarkers & amp e Prevention, uma  Dieta pobre em verduras e vegetais, com alto consumo de açúcar e  refrigerantes pode colocar adolescentes em risco de câncer de mama mais tarde.

Consumir alimentos que podem causar inflamação crônica durante a adolescência podem sim aumentar o risco de câncer de mama antes da menopausa!

O estudo descobriu que a dieta que uma mulher consome durante a adolescência ou a idade adulta jovem é um fator de risco para o câncer de mama.

“Uma dieta baixa em vegetais, rica em refrescos açucarados, açúcares refinados, carnes vermelhas e processadas e margarina tem sido associada a altos níveis de marcadores inflamatórios no sangue.”

Disse disse Karin Michels, professora da Universidade da Califórnia, Los Angeles

“Porque o câncer de mama leva muitos anos para surgir, ficamos curiosos se essa dieta durante as primeiras fases da vida de uma mulher é um fator de risco para câncer de mama”, disse ela.

Para este estudo, Michels e colegas usaram dados de 45.204 mulheres matriculadas no Nurses ‘Health Study II que haviam preenchido um questionário de freqüência alimentar em 1998.

Quando tinham entre 33-52 anos, sobre sua dieta durante o ensino médio.

A dieta adulta foi avaliada primeiro usando um questionário de freqüência alimentar em 1991, quando os participantes tinham idades entre 27 e 44 anos e, depois, quatro anos depois.

A dieta de cada mulher recebeu um escore inflamatório, usando um método previamente desenvolvido que liga dieta com marcadores inflamatórios no sangue.

Durante 22 anos de pesquisa, 870 das mulheres que preencheram o questionário de freqüência alimentar da escola secundária foram diagnosticados com câncer de mama pré-menopausa . E 490 foram diagnosticados com câncer de mama pós-menopausa.

Quando as mulheres foram divididas em cinco grupos com base no escore inflamatório de sua dieta adolescente.

Aqueles no grupo de maior pontuação tiveram um risco 35% maior para câncer de mama pré-menopausa em relação ao grupo de menor pontuação.

Quando a mesma análise foi feita com base na dieta adulta, aqueles no grupo com maior grau de inflamação apresentaram risco 41% maior para o câncer de mama pré-menopausa em relação ao grupo de menor pontuação.

Ou seja, trocando em miúdos, segundo esse estudo, você comer porcarias, açúcar em excesso, e tomar refrigerantes na adolescência  aumenta em 35 % as chances de desenvolver câncer.

E se você continuar fazendo isso depois de adulto, o seu risco aumenta para 41% em comparação com uma pessoa que faz uma alimentação balanceada.

Refrigerante dá Câncer

Além disso, segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), grande parte dos refrigerantes contêm a substância 4-MI (4-metil-imidazol).

Essa substância foi classificada como possivelmente cancerígena pela Agência Internacional para Pesquisa em Câncer, da Organização Mundial da Saúde.

O composto estaria presente no corante caramelo, que é utilizado em muitas destas bebidas açucaradas.

De acordo com estudo feito pelo Centro de Pesquisa em Saúde Publica dos Estados Unidos, a maior concentração de 4-MI  em uma lata em 355 ml foi encontrada no Brasil.

A análise também avaliou o produto vendido no Canadá, China, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, México e Reino Unido.

Além de câncer, os refrigerantes podem causar uma série de doenças. Nessa reportagem chocante  você verá o veneno que você pode estar consumindo!

Agora que você já sabe porque refrigerante causa câncer eu quero compartilhar as outras 9 fortes razões para você para de tomar refrigerante

2.REFRIGERANTE É EXTREMAMENTE ÁCIDO

Refrigerante dá Câncer

Além da alta concentração de açúcar, o que implica em maiores números de obesidade em todo o mundo, a bebida também é  muito mais ácida que o sangue!

É o seguinte:

O  pH , é um índice que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de um meio. O nosso sangue é ligeiramente alcalino, com PH em torno de 7,4 . E quando consumimos alimentos ácidos, estamos deixando nosso organismo mais suscetível à doenças.

Você pode entender melhor esse conceito no Artigo: Saiba porque não podemos ser Ácidos!

A maioria dos refrigerantes, sobretudo aqueles à base de cola, é extremamente ácida.

Contém altos índices de ácido fosfórico, um ácido potente, capaz de intoxicar o ser humano, se não for rapidamente neutralizado.

O refrigerante à base de cola (normal ou diet, aqui o efeito é exatamente o mesmo) tem o pH baixíssimo!  Isto é : ÁCIDO . Em torno de 2,5 para ser mais exata.

Como a mensuração do pH é logarítmica (o decréscimo de 1 no pH significa multiplicar a acidez por dez).

Um pH de 2,5 significa que seriam necessários 3,2 mil copos de água alcalina com pH 8 (ou 32 copos com pH 10) para neutralizar o ácido presente em apenas um copo de refrigerante!

Se o corpo nada fizesse para combater essa acidez, um único copo de refrigerante mudaria o pH do sangue para 4,6, matando-nos instantaneamente.

É isso mesmo que  você acabou de ler!

você precisaria de 32 copos de Àgua Alcalina para neutralizar no seu organismo aquele copinho de refrigerante que você toma!

Só que o seu organismo têm os mecanismos de regulação dele e ele vai dar um jeito de ter manter vivo … Saudável já é outra história!

Porque para ele te manter alcalino apesar da sua dieta extremamente ácida, ele vai precisar fazer algumas adaptações.

E isso nos leva ao terceiro motivo pelo qual você precisa parar de tomar refrigerante…

3.REFRIGERANTE CAUSA OSTEOPOROSE

Refrigerante dá Câncer

Como eu disse antes, o sangue de uma pessoa sadia tem o pH de 7,4 e contém de 90 a 95% de água.

Nosso corpo tenta a todo custo manter o pH sanguíneo com o valor de 7.4.  E quando comemos alimentos com PH ácido, nosso organismo sequestra nossas reservas de minerais  para manter o pH equilibrado.

Ou seja, para consertar a borrada que você fez tomando refrigerante e manter o seu corpo alcalino , o seu organismo  vai precisar utilizar também, o Cálcio que seria para seus ossos!

É o famoso “Descobre um Santo pra vestir outro”!

Esse é um dos motivos de eu ter escolhido adotar a Dieta Alcalina desde o meu diagnóstico

4. REFRIGERANTE ESTÁ ASSOCIADO À OBESIDADE

 

Refrigerante dá Câncer

A obesidade já é tida como um problema da  saúde pública mundial.

Já são antigas as observações sobre a relação entre o consumo de sucos artificiais e refrigerantes e a obesidade.

Um novo trabalho publicado nos Estados Unidos, na Universidade de Harvard, reforça a ideia de se combater o volume de refrigerantes oferecidos nos bares e restaurantes do país.

Nos Estados Unidos, praticamente metade da população será obesa nos próximos vinte anos.

Aqui no Brasil, 15% dos adultos já são obesos e algo próximo a 50% estão acima do peso.

O trabalho mostrou que o maior consumo das bebidas açucaradas estava associada a uma maior predisposição genética para a obesidade.

O importante foi que a relação foi muito maior entre os que bebiam refrigerante todos os dias.

E as versões Diet e Light, embora tenham menos calorias, possuem sódio em excesso, colaborando para a retenção de líquidos, na melhor das hipóteses.

Outro ponto a se considerar é que a obesidade também eleva o risco de câncer. Aliás, é o segundo fator de risco, perdendo apenas para o tabagismo.

5. REFRIGERANTE É EXTREMAMENTE AÇUCARADO

Refrigerante dá Câncer

A partir da quantidade de calorias indicadas em uma lata de refrigerante estimativa é de que haja o equivalente a duas colheres de sopa ou 30 gramas de açúcar por lata de 350 ml.

E não adianta acreditar que as versões light e diet são opções mais saudáveis porque elas possuem outras substâncias ainda mais maléficas à sua saúde.

Ah, e os sucos em caixinha outras versões que a gente pensa que são mais saudáveis, também não ficam atrás no quesito açúcar!

E só pra constar: O Câncer se alimenta de açúcar 

6.TOMAR REFRIGERANTE CAUSA DANOS AOS DENTES

Refrigerante dá Câncer

O refrigerante (com ou sem açúcar) é tão prejudicial para os dentes quanto crack, cocaína e metanfetamina, afirma estudo publicado no jornal General Dentistry.

Segundo o professor Mohamed Bassiouny, da Temple Universtity, na Filadélfia, nos Estados Unidos, “todos os refrigerantes são extremamente ácidos e causam problemas similares”.

A acidez do refrigerante vem do ácido cítrico e do ácido fosfórico e a constante exposição a essa acidez poderá causar erosão dental.

Enfim, na melhor das hipóteses, a acidez do refrigerante facilita a penetração no dente da pigmentação escura dos refrigerantes com cola. O famoso sorriso amarelo!

Além disso, Bactérias das cáries também gostam de ambientes ácidos!

Escovar os dentes apenas minimiza esse efeito,ok?

7.REFRIGERANTES PROVOCAM OU PIORAM PROBLEMAS GÁSTRICOS

Refrigerante dá Câncer

Ingredientes que dão o efeito gasoso na bebida só são contraindicadas para quem tem problemas gástricos.

O ácido presente nos refrigerantes, usado para dar gás à bebida, ataca as células gástricas, causando azia e gastrite.

O uso constante acidifica o conteúdo gástrico provocando a incômoda doença. Se não tratada adequadamente, a gastrite pode evoluir para úlceras estomacais.

Um estudo feito com mulheres que bebia apenas 3 refrigerantes de cola por semana revelou que elas perderam, em média, 4% de massa óssea de regiões do quadril.

 

8.REFRIGERANTES  PODEM  AUMENTAR  A PRESSÃO SANGUÍNEA

Refrigerante dá Câncer

O consumo diário de mais de duas latas e meia de refrigerante, ou 850 ml, todos os dias, aumenta risco de hipertensão.

A combinação de obesidade, aumento de glicose e gordura no sangue eleva o risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

como por exemplo, aterosclerose, acidente vascular cerebral e infarto do miocárdio.

Um estudo realizado em Harvard revelou que o consumo diário de refrigerantes aumenta em 20% o risco de infarto durante um período de 22 anos.

9.TOMAR REFRIGERANTES CAUSAM PICOS DE INSULINA

Refrigerante dá Câncer

O  excesso de açúcar da bebida, assim como o dos sucos industrializados, fazem pâncreas trabalhar mais intensamente.

As consequências são graves, pois quanto mais açúcar no sangue, mais se eleva a taxa do hormônio insulina, que coloca o açúcar na célula e estimula a produção de gordura.

Esta ativação metabólica, se for repetitiva, provocará o desenvolvimento da diabetes tipo 2 .

 

10.TOMAR REFRIGERANTE COLABORA PARA O ENVELHECIMENTO PRECOCE

Refrigerante dá Câncer

O fosfato presente no refrigerante, além de causar osteoporose, prejudica funções renais e musculares.

Um estudo recente também concluiu que o consumo em excesso dessa substância causa envelhecimento precoce das células.

 

Luta contra bebidas açucaradas

Refrigerante dá Câncer

 

Se há alguns anos o combate a bebidas açucaradas já é uma pauta das autoridades em saúde pública. O debate ficou ainda maior no ano passado, quando a OMS sugeriu o aumento dos tributos em cima do produto .

O objetivo é diminuir os índices de obesidade, diabetes tipo 2 e cáries dentárias.

Em San Francisco, Oakland, Albany (Califórnia) e Boulder (Colorado), haverá um aumento de até 20% no preço de diversos tipos dessas bebidas doces.

Bebidas apontadas como um dos principais vilões para os altos índices de obesidade, especialmente em crianças e jovens.

A criação do imposto está alinhada com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que tem promovido uma verdadeira cruzada contra essas bebidas .

E recomendou, no mês passado, que os países criem impostos sobre elas.

Segundo a OMS, um aumento de 20% no preço já resulta em reduções no consumo desses produtos .

E, consequentemente, de problemas como sobrepeso, obesidade, diabetes tipo 2 e cáries.

“A diminuição do consumo de bebidas açucaradas significa uma menor ingestão de “açúcares livres” e calorias no geral, uma melhor nutrição e menos pessoas sofrendo com sobrepeso, obesidade, diabetes e cárie dentária”, divulgou a Organização Mundial da Saúde.

Essa taxação já foi aprovada e está em vigor em países como Reino Unido, México, Dinamarca e Hungria.

No Brasil, porém, a discussão sobre essa taxa em refrigerantes e outras bebidas açucaradas inexiste no governo. Além disso, enfrenta a resistência das associações do setor.

Para a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas Não-alcoólicas (Abir), que reúne as principais marcas de refrigerante e sucos artificiais no país, esse tipo de imposto não traz resultados reais e fere a liberdade individual do consumidor.

Então, enquanto isso, fica o dito pelo não dito…

É revoltante ver que as instituições que deveriam nos proteger, nada fazem. E a indústria alimentícia, se aproveita disso e faz o que melhor lhe convém: Lucrar a qualquer custo!

Portanto, enquanto consumidores, nos resta a opção de nos conscientizarmos, fazermos escolhas mais inteligentes.  E criarmos hábitos alimentares que sejam de fato saudáveis.

Desde 2014, eu deixei de tomar refrigerantes, sucos de caixinha e até mesmo ice tea.

(Que eu era viciada, crente que estava fazendo uma escolha saudável).

Hoje eu faço minhas refeições sem beber nenhum líquido. No começo foi difícil criar esse hábito. mas agora já me acostumei.

E no domingo, nos almoços de família a gente faz aquela limonada Detox, que é alcalinizante e digestiva. Fica uma delícia!

Refrigerante dá Câncer

 

Antes que vocês me peçam, aí vai a receita:

1 limão (preferencialmente orgânico)

1 punhado de salsa

1 punhado de Hortelã

Preparo: Basta bater tudo no liquidificador e coar .

O limão , se for orgânico,você bate com a casca que é muito mais nutritivo.

Eu adoço com adoçante Stevia ou Sucralose.

Essa é só uma receita bem prática e barata que você pode fazer para substituir o consumo de refrigerante. E o mais importante: Saudável!

Ela faz parte do meu mais novo Livro Digital da minha coleção, Dieta Anticâncer: SUCOS QUE CURAM.

Onde eu compartilho mais de 100 receitas  de sucos alcalinizantes.

Sim! Existe muita vida depois dos refrigerantes …rsrsrs

Refrigerante dá Câncer

 

10 Comentários


  1. pati querida eu sempre q posso te acompanho e eu ouvi vc falar do refri q fazia mal eu ja sabia mas não queria acreditar mas vc me.convenceu e decidi numca mas tomei refri e tbm estou falando pra minha família do mal q o refri faz o brigada por nos.ajudar ?❤?


  2. Obrigada Patrícia! Amei o artigo! Tambem entri nessa nova vida sem refrigerantes! Esrou bem mais feliz! Bjs querida


  3. Excelente artigo, Patrícia! Impossível alguém ler e querer continuar tomando refrigerantes. Só lembro de um ex-colega de trabalho que consumia 1 litro de coca-cola por dia! Pena que já não tenho contato com ele, pois iria enviar-lhe este artigo pra tentar abrir os olhos dele. Obrigada por compartilhar tão valiosas informações. Bjs!

Página 1 de 2 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *