Minha Mastectomia Radical com reconstrução da mama

Fiz uma Mastectomia Radical com reconstrução imediata , assim que fui diagnosticada com Câncer de mama infiltrante grau 3.
 Mastectomia

Como fui diagnosticada na Alemanha e o Câncer que tive estava localmente avançado (4cm palpáveis e 8 cm de tumoração),  decidi fazer a minha cirurgia lá.

E na Europa, esse procedimento é muito comum.

As pessoas, especialmente as que não tem muita intimidade comigo ,ficam cheias de dedos pra me perguntar sobre a cirurgia, e ás vezes percebo uns olhares pro meus seios.

Especialmente quando conto que tive Câncer de Mama.

Acho que tentam adivinhar em qual mama fiz a mastectomia, ou se reconstruí, ou estou usando um sutien com espuma…

Alemão faz cara de parede, mas brasileiro é muito ruim pra disfarçar (he!he!).

Dependendo do meu estado de espírito, acho até engraçado.

Então, fica comigo, porque nesse Artigo, eu vou te explicar tim, tim, por tim, tim, tim como foi a minha Mastectomia.
Além disso, você também vai ficar sabendo os tipos de Mastectomia e quando elas são recomendadas.

Mastectomia preventiva ou profilática

Mastectomia

Como o próprio nome diz, essa cirurgia têm o objetivo de prevenir a doença. Esse procedimento ficou conhecido depois que a Angelina Jolie realizou.

Mas para realizá-lo você precisa ter tido câncer e/ou outras mulheres da sua família. Com isso você tem o risco aumentado e a cirurgia, apesar de não garantir que quem realiza nunca vai ter câncer, diminui os riscos.

A mastectomia profilatica é recomendada em mulheres que fizeram o teste genético BRCA 1 e 2 com resultado positivo.

Mastectomia curativa

Nesse caso, a pessoa já foi diagnosticada com câncer de mama. E como eu costumo dizer, a casa já caiu.

Algumas pessoas fazem a cirurgia antes de iniciar a quimioterapia e/ou radioterapia.

Outras pessoas fazem quimioterapia primeiro e a cirurgia e rádio depois.  Cada caso é um caso e tudo vai depender do tipo de câncer e do estadiamento da doença.

Portanto, confie no protocolo de tratamento que o seu oncologista está propondo para você.

Tipos de Mastectomia

 

Mastectomia Radical

Mastectomia

Consiste na retirada das glândulas mamárias e linfadenectomia axilar completa  ( o famoso esvaziamento axilar) .

Esse procedimento é o mais realizado na maioria dos pacientes de câncer de Mama grau 1, 2 e 3.

Mastectomia Radical Simples

Nesse caso não é feito o esvaziamento axilar e os linfonodos dessa região são preservados.

Esse procedimento é indicado quando  o câncer é in sito. Ou seja, é detectado muito no início.

Ou em casos de Pacientes idosas com risco cirúrgico elevado, mas sem alterações nos linfonodos.

E ainda nos casos de mastectomias profiláticas.

Quadrantectomia

É um tipo de Mastectomia na qual se remove apenas um quarto da mama.

Nessa cirurgia, se retira o tumor e uma parte do tecido sadio que envolve o tumor.

É realizada em mulheres diagnosticadas no estágio 1 e 2. Ou seja, quando a doença está no comecinho.

Em alguns casos, como o meu, o médico opta por fazer a reconstrução da mama imediata.

Porque infelizmente na maioria dos casos, os médico fazem a mastectomia e deixam para fazer a reconstrução somente após o termino do tratamento.

Mas o impacto psicológico que a falta da mama causa na maioria das pacientes tem feito com que cada vez mais os médicos recomendem a reconstrução imediata.

 

Reconstrução mamária com grande dorsal

Mastectomia

Esta operação consiste em trazer pele, gordura e músculo (Músculo Grande Dorsal) das costas para reconstruir a mama.

Reconstrução mamária com retalho de abdômen

Mastectomia

Essa cirurgia é feita com o retalho músculo cutâneo transverso do reto abdominal (TRAM).

A reconstrução da mama ainda pode ser feita com expansor ou prótese de silicone.

Mastectomia - expansor

Na reconstrução imediata com expansor temporário,  é colocado  uma espécie de bolsa parcialmente preenchida com soro atrás do músculo peitoral maior e da pele.

Este expansor é como se fosse uma prótese vazia. O seu cirurgião irá preenchê-lo com soro a cada 21 dias no consultório até que ele atinja a forma e o volume ideais.

Após isto (ou após o término do seu tratamento oncológico), deve-se realizar uma nova cirurgia para troca do expansor pela prótese definitiva.

Minha Mastectomia com Reconstrução Imediata

 Fui diagnosticada com câncer na mama direita.

Fiz uma mastectomia radical conservadora de pele e mamilo, com esvaziamento axilar e reconstrução da mama simultaneamente.

Trocando em miúdos, retiraram todo o ” recheio” da minha mama,  preservaram a cobertura (pele e mamilo) e colocaram uma prótese de silicone pra preencher o espaço vazio.

Mas essa questão da preservação do mamilo e da pele, depende muito de onde o tumor está localizado.

Aparentemente, ficou tudo normal, graças a Deus,  tenho uma cicatriz bem discreta. Tudo foi feito pela aréola, parece que eu coloquei silicone no seio, só isso.
mastectomia com reconstrução-
Fiquei assim!  ( isso é montagem, hein gente!) kkkkkkkk

Quanto ao esvaziamento axilar, foram retirados 11 linfonodos da minha axila.  Não sei exatamente como o médico fez isso, mas não tenho nenhuma cicatriz na axila.

Numa explicação bem simplista, os Linfonodos são os gânglios linfáticos, responsáveis por “filtrar e drenar” o sangue e estão agrupados em várias partes do nosso corpo.

Sabe aquela íngua que dá quando a gente é criança e se machuca?

São os nossos linfonodos inguinais (da virilha), responsáveis pela defesa do organismo que estão trabalhando!

Esses carinhas espalhados estrategicamente em grupos por todo o corpo, funcionam como soldados e se multiplicam (aumentam de tamanho) quando algum processo infeccioso, começa a acontecer, produzindo os anticorpos necessários para restabelecer a ordem no organismo.

Os linfonodos axilares, são os responsáveis pela defesa do braço e mama.E tem também o linfonodo sentinela que é o primeiro a receber células malignas vindas de um tumor.

Ele forma a primeira barreira defensiva do organismo contra o espalhamento do câncer (metástase).

Só depois dele, os outros linfonodos do grupo são atingidos.

Pode acontecer que os linfonodos não deem conta da sua missão de proteger o organismo, algumas células malignas podem escapar e se alojar em órgãos à distância.

 

Mastectomia com reconstrução imediata

Infelizmente, o meu sentinela já estava infectado e também mais 2 outros linfonodos.

Por isso, foram retirados todos os outros da minha axila e fiz todo o tratamento Adjuvante : quimioterapia, radioterapia e estou na hormonoterapia.

Mas passou! E se você ainda estiver no meio da sua jornada, fique firme!
Como tudo na vida, vai passar pra você também!

Nesse vídeo que fiz para o meu canal, eu falo um pouquinho mais sobre a Mastectomia com reconstrução imediata.

RECOMENDADO:

Após o diagnóstico de câncer, você sabe as perguntas certas que deve fazer para o seu Oncologista ?

Assim que fui diagnosticada, eu adoraria ter a orientação de alguém  que já passou pela experiência que eu estava prestes a iniciar!

Eu estava assustada, me sentia perdida e sozinha…

Por isso, escrevi esse guia.

 

Você pode ter acesso GRATUITAMENTE  a uma compilação de questões essenciais apresentadas por mim,  pelos médicos, outros pacientes e seus entes queridos.

O guia inclui uma lista de perguntas para impressão.

Não deixe o medo, incerteza e a impotência influenciar o seu processo de tomada de decisão.

Basta clicar AQUI e cadastrar o e-mail para onde você deseja que o Livro Digital seja enviado.

31 Comentários


  1. Fiz mastectomia radical sem reconstrução em agosto de 2014,fiz rádio e quimioterapia, não tomo tamoxifeno, ainda não fiz reconstrução, tenho medo,mais tenho g
    vontade de fazer.


  2. Oi querida Patricia qual.hospital vc fez tratamento ..no caso seria para meu irmao..parabens to aprendendo muita coisa..Deus abencoe e cure a todos …O senhor Cura salva e liberta bjs


  3. Na verdade, fui vítima de negligência médica e o fato de eu ter tido a oportunidade de fazer a minha mastectomia na Alemanha foi uma feliz “Deuscidência”que salvou a minha vida. Me sinto privilegiada por ter sido diagnosticada a tempo de me tratar. Mas aqui também temos excelentes médicos e o mesmo tratamento lá de fora. Infelizmente nem sempre na saúde pública. Mas na rede privada não perdemos em nada. Fiz todo o meu tratamento no Brasil.


  4. Olá Patrícia. Tenho acompanhado seu trabalho. Descobri “acidentalmente” um nódulo na mama esquerda fiz mamografia , ultrasson e RM esperando resultado da RM. Ainda não Sri do que se trata mesmo assim tenho acompanhado vc é tive conhecimento de que vc fez sua cirurgia no exterior. Terá sido isso um fator significativo em seu tratamento?
    Pergunto isso porq sei da carência deficitária na medicina brasileira e isso me preocupa.
    ,

← Anteriores Página 2 de 7 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *