Conheça os 10 alimentos que mais inflamam você !

O objetivo desse Artigo é te alertar sobre os alimentos que mais inflamam você !

alimentos que mais inflamam você

 

Esse assunto é extremamente relevante se você foi diagnosticada com Câncer. E mais ainda se o seu tipo de Câncer é inflamatório.

O Câncer de mama inflamatório  é um subtipo pouco frequente, representando cerca de 1 a 3% dos casos de câncer de mama do mundo, segundo dados da Sociedade Americana de Câncer (ACS).

Apesar de ser um tipo bem agressivo, o Câncer de mama inflamatório também é sensível à alimentação. Entenda o porquê…

Inflamação e comida

Inflamação é uma resposta do sistema imunológico a uma irritação local, uma lesão ou infecção, com liberação de histamina.

E os sinais clássicos são inchaço, vermelhidão e dor.

As pesquisas tem mostrado que comer as comidas erradas também produz inflamação no nosso corpo, com sintomas menos óbvios, menos aparentes, mas que vão se refletir no estado geral, na performance física e mental.

Se você estiver em estado inflamatório, vai levar mais tempo para se recuperar de doenças, vai sofrer mais lesões, vai sentir mais cansaço.

Por isso, é muito importante prestar atenção no que se coloca no prato e na boca.

E eu nem preciso falar da importância de quem recebeu um diagnóstico de câncer adotar uma dieta equilibrada e que não intoxique ainda mais o organismo.

Enchendo o tanque

alimentos que mais inflamam você

O alimento é o combustível do corpo. Se este combustível não tem qualidade, isto vai se refletir no funcionamento do organismo como um todo.

O processo inflamatório natural que ocorre no dia a dia, após um evento estressante ou após uma carga intensa de atividade física ou mesmo mental, pode ser agravado por dietas ricas em carboidratos refinados e gorduras trans.

A boa noticia é que a comida certa faz toda a diferença na sua vida.

Ingerir alimentos anti-inflamatórios com regularidade reduz a inflamação, fortalece o sistema imunológico e ajuda a equilibrar o metabolismo.



MINISSÉRIE COMO ENFRENTAR O CÂNCER

Se VOCÊ também foi DIAGNOSTICADA(o) e está se sentindo Perdida e Sozinha, Participe desse evento criado por mim para te ajudar a superar este obstáculo.

Você não precisa passar por tudo isso sozinha(o)!

[100% ON LINE e GRATUITO]

Clique ABAIXO ⤵ para assistir aos episódios quanto eles forem no ar

[3 a 10 de Dezembro]

Conheça agora os 10 alimentos que mais inflamam você

1 – Derivados de farinha de trigo e açúcar

alimentos que mais inflamam você

Segundo Julie Daniluk, autora do livro “As refeições que curam a inflamação”,  Farinha de trigo fica no topo da lista, porque ela vira açúcar branco já em sua boca.

Os amidos tornam-se açúcares instantaneamente, é por isso que aumentam a glicose no sangue tão rápido. Quando o açúcar no seu sangue atinge picos, você acaba tendo um processo inflamatório.

Além do mais, a farinha de trigo pode lhe dar um golpe duplo devido ao glúten. Algumas pessoas têm dificuldade em digerir o glúten, resultando em inflamação.

Para substituir produtos de farinha branca, tente arroz integral, farinha de  amaranto, quinoa linhaça e berinjela.

Já  falei especificamente do açúcar no Artigo: O Câncer se alimenta de açúcar.

2 – Batatas fritas

alimentos que mais inflamam você

“O problema é que fritar alimentos no óleo em temperaturas extremamente altas – o suficiente para criar uma borda crocante – produz uma neurotoxina chamada acrilamida , que provoca inflamação.

Uma maneira de resolver esse problema é diminuir o tempo de fritura ou assar no forno em baixas temperaturas.

Para evitar o problema, asse as batatas no forno.

3 – Salsichas e linguiças grelhadas

alimentos que mais inflamam você

O maior problema com salsichas e linguiças, e você também deve incluir o bacon, salame, presunto e blanquet de peru, é que  esses alimentos contêm nitratos.

Nós sempre ouvimos que nitrato é um químico cancerígeno que causa inflamação.

Pior: Nós cozinhamos gordura animal em altas temperaturas na grelha e as “marquinhas” pretas que surgem do contato com a grelha – chamadas creosote – são cancerígenas também.

5 – Pipoca de micro-ondas

alimentos que mais inflamam você

O aroma artificial de manteiga na pipoca tem sido associado à inflamação. Também contém gorduras de óleos parcialmente hidrogenados e altamente processados.

Quando cozidos a uma temperatura elevada, formam a gordura trans, também inflamatória.

6 – Alimentos que contenham Gordura Trans e aditivos alimentares

alimentos que mais inflamam você

Praticamente todos os produtos industrializados (biscoitos, bolos, salgadinhos) possuem gordura trans que é altamente inflamatória. Margarina também está fora!

Aditivos alimentares: corantes, conservantes, intensificadores de sabor, etc.

Infelizmente, quase todos os alimentos industrializados contêm esses ingredientes tóxicos e nada positivos para a saúde.

Por isso, adotei na minha vida a máxima: “Coma mais da terra e menos da caixa”.

7– Carne Vermelha

alimentos que mais inflamam você

carne vermelha, também tende a causar inflamação.

Não é preciso abandonar completamente o consumo.

Você pode começar comendo carne apenas como acompanhamento, e não como prato principal. (eu, por exemplo, desde que adotei a Dieta Alcalina, como carne 2X por semana).

A única que não entra na lista é a carne de peixe, uma boa alternativa, já que não contém muita gordura e ajuda a regular o colesterol.

8 – Frituras em geral

alimentos que mais inflamam você

Óleos vegetais, como de girassol, milho ou soja causam inflamação e aumentam o risco de doenças crônicas. Que tal substituir pelo azeite de oliva extra virgem e óleo de coco ?

9 – Adoçantes sintéticos

alimentos que mais inflamam você

como splenda, sacarina, aspartame,  ciclamato de sódio, entre outros.

Pesquisas relacionam o uso dessas substâncias a muitos problemas graves de saúde.

Esses adoçantes estão relacionados sim a alguns tipos de câncer, problemas renais, alterações no funcionamento da tireoide, Alzheimer , Parkinson e por aí vai. Tá bom pra você?

Ao invés deles, opte por adoçantes naturais, como o açúcar de coco, mel de agave ou stevia.

 

10 – Produtos Lácteos

 alimentos que mais inflamam você

Produtos lácteos, como sorvete, queijo e leite. Além de sua ação inflamatória, os laticínios, hoje em dia, estão carregados de hormônios, antibióticos que injetam na pobre da vaca para que ela produza mais leite. Não preciso nem falar o quanto eles fazem mal. Evite-os quando puder.

Ah! E não adianta substituir por leite desnatado ou leite em pó! A melhor substituição são os leites vegetais.

Em breve, irei postar minhas receitas favoritas  de leite vegetal : )

 

ALIMENTOS ANTI-INFLAMATÓRIOS

alimentos que mais inflamam você

A manutenção do estilo de vida saudável é um grande protetor da saúde. O programa alimentar deve ser rico em frutas, hortaliças e alimentos integrais, apresentando teor energético capaz de manter o peso corporal adequado.

Sair do sedentarismo, praticar exercícios físicos regularmente, controlar a ansiedade e estresse diários são medidas que, aliadas à uma alimentação balanceada, podem prevenir inflamações.

A inflamação pode ser definida como o conjunto de alterações bioquímicas, fisiológicas e imunológicas em resposta a estímulos “agressivos” ao organismo.

Alguns exemplos de agentes causadores de inflamações são:

– Má alimentação ou alimentação desbalanceada: baixa ingestão de frutas/verduras e legumes; alta ingestão de comidas processadas/ congeladas/ industrializadas; excesso de frituras, gorduras saturadas e gordura trans;

– Estresse do dia a dia;

– Sedentarismo;

– Poluição

Alimentos com potencial anti-inflamatório que devem ter o consumo estimulado:

1.Ômega 3

Atua na saúde do aparelho cardiovascular (redução do LDL, aumento do HDL), na função cerebral e tem ação anti-inflamatória global.

Peixes (salmão, anchova, sardinha, cavala, atum, bacalhau, arenque), sementes (linhaça e chia), nozes e castanha. 


 Atenção: as sementes têm calorias altas. Coma uma por dia, se for o caso, para não ganhar peso.

2. Gordura monoinsaturada (ômega- 9)  

É benéfica porque desinflama, reduz o LDL (“colesterol ruim”) e aumenta o HDL (“colesterol bom”).

Presente na azeitona, no azeite de oliva, óleo de gergelim, amêndoa, castanha de caju, castanha do Pará, amendoim e abacate.

Atenção para a quantidade desses alimentos que também são altamente calóricos.

3.Frutas, verduras e legumes  (coma bastante!)

São fontes de fibras, vitaminas, minerais e compostos bioativos. É a base da Dieta Alcalina.

– CRUCÍFERAS : Alimentos folhosos da cor verde verde escuro. Fonte de fibras, betacaroteno, ferro, ácido fólico, potássio e vitamina K.

Espinafre, couve e brócolis encabeçam a lista!

– Alimentos alaranjados: mamão, caju, damasco, caqui. Fontes de betacaroteno/ vitamina A e vitamina C

– Alimentos vermelhos:  morango, tomate, cereja, melancia, cranberry, goiaba. Fontes de licopeno, vitamina C , antocianinas e ácido elágico.

– Alimentos roxos: uva roxa, ameixa, mirtilo, jabuticaba. Fontes de antocianina e resveratrol

– Alimentos brancos e amarelados: Fontes de vitamina A/ betacaroteno, vitamina C, Fibras, vitamina K, antocianinas, ácido elágico

4. Resveratrol 

É uma fitoalexina presente em espécies vegetais, principalmente nas uvas, amoras e amendoins. Possui propriedades quimio-preventivas, antioxidantes, antiplaquetárias, antifúngicas, anti-inflamatórias, cardio-protetoras.

Presente principalmente nas uvas e alimentos arroxeados.

Se você ainda toma refrigerante, substitua-o por suco de uva integral. (Aquele de garrafa e não o de caixinha).

5. Ervas, condimentos e especiarias

Cúrcuma (açafrão), canela, cacau, gengibre, alho, pimenta, orégano, entre outros. Possuem compostos bioativos, função antioxidante e anti-inflamatória.

Ação positiva:

– procure ingerir 80 % de alimentos do reino vegetal no dia a dia

– alimentos sempre frescos, em todas as refeições

– nada de alimentos processados, enlatados ou congelados

– sem frituras, principalmente as feitas com óleos vegetais refinados

– muito azeite extravirgem ou óleo de coco prensado a frio

– muito abacate, tomates frescos e maduros, pepino e outras hortaliças

– os melhores sucos anti-inflamatórios são os de aipo e pepino

– muitos superalimentos, como as berries (açaí), brotos e condimentos especiais

– chá verde ou preto e muita água são as bebidas certas

– punhados generosos de sementes cruas, como nozes, castanha do para, amêndoas

Por tudo isso, eu decidi adotar a Dieta Alcalina, também conhecida como a Dieta do PH, desde que fui diagnosticada.

Você pode ter informações mais detalhadas sobre a Minha Dieta Anticâncer clicando na foto abaixo : )

23 Comentários


  1. Obrigada Paty por todas essas maravilhosas dicas. Vou aplica-lá na minha alimentação. Eu fiz tratamento de câncer de mama e hoje tô em acompanhamento médico. Fico muito agradecida pelo seus esclarecimento, já que os médicos do SUS não passa isso pra gente. Bjs! Fique com Deus!


  2. ??????????????????????????????????
    Muito boa informação!
    Parabéns!
    Obrigado!


  3. Amei ..mas gostaria de saber se tem algum alimento que fornece a vitama D..


  4. Modificar hábitos alimentares é muito difícil! Mas A nossa alimentação faz toda a diferença para nos mantermos saudáveis. Vale à pena tentar!


  5. Materia otima . Somente com a nossa conscientização e que podemos melhorar esse quadro Graças a Deus eu venci um cancer de mama e hoje ainda me alimento de forma errada.
    Mais diante dessas materias agente vai se conscitizando.
    Obrigado, e bom porque vai ajudar a prevenir quem ja teve ou para prevenir apenas
    Abracos
    Email helena@creci.org.br

Página 1 de 5 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *