Minha Alimentação Anticâncer: O que comer nas festas do final de Ano

Como fica a minha ( a sua, a nossa)  Alimentação Anticâncer  durante as festas de final de ano? 

Já sabe o que vai fazer na sua Ceia de Natal?

Esse é uma assunto que gera muita dúvida, ansiedade e  até mesmo tristeza  na vida da maioria dos  Pacientes Oncológicos.

Especialmente  quando estamos fazendo Quimioterapia.

O fato é que, embora muitos médicos  ainda não deem bola para a Alimentação.

Já existem  inúmeros estudos  científicos comprovando  o quanto a  Alimentação colabora  para o processo de cura e manutenção da nossa saúde.

Aqui mesmo no blog, já escrevi diversos Artigos sobre Alimentação Anticâncer.

E eu super recomendo que você cuide ao máximo da sua Alimentação, não só durante o tratamento.

Mas também quando o tratamento finalizar.

Afinal, a Alimentação é um pilar importantíssimo da nossa Saúde.

Pensa só comigo:

Assim como o seu carro não vai funcionar 100% se você o abastecer com gasolina adulterada.

O seu corpo também precisa de Alimentação de qualidade para ser saudável.

Até aí tudo tranquilo e favorável, né?

Mas e, quando vem chegando  as festas de final de ano, a gente se vê obrigado a abrir mão monte de coisas gostosas, que normalmente comeríamos se não estivéssemos doentes …  

Ou, quando come alguma coisa sente culpa…

Se acha a pior pessoa do mundo, sem força de vontade,  por não conseguir resistir às tentações dessa temporada.

Me lembro que no meu primeiro Natal Pós Câncer eu fiquei aguada, morrendo de vontade de comer uma rabanada.

Minha Alimentação Anticâncer- Rabanada

Mas resisti bravamente!

O fato é que, como se não bastasse o tratamento,  quando vem chegando as festas de final de ano a gente se sente ainda mais um Extraterrestre.

Primeiro porque a maioria das pessoas está no ritmo de comemorações, festas, celebrações aqui e ali…

E vamos combinar que quem está com câncer tem todo o direito de não sentir vontade de comemorar.

Enfim, estamos na contra mão da maioria.

Meu primeiro Réveillon pós câncer eu ainda estava fazendo quimioterapia e passei dormindo.

Não tive vontade de sair, até porque não poderia comer ou beber o que as pessoas saudáveis iriam consumir.

 Nem vontade  de  comprar presentes ou uma roupa nova eu tive.

Só comprei  um baby-doll branquinho.

Passei dormindo, mas não abri mão da tradição…haha!

É muito chato a gente vê uma mesa bonita, cheia de guloseimas e não poder comer.

Se você achar que estou exagerando, dá uma olhada nesse papo que rolou  com a mulherada  no meu Grupo Exclusivo do Facebook : Minha Alimentação Anticâncer.

Se você também está vivendo esse dilema, fica comigo que nesse Artigo sobre a Minha Alimentação Anticâncer você vai descobrir :

– Como sobreviver às festas do final de Ano, mesmo estando em tratamento.

– Que é possível fazer uma ceia Saudável e gostosa.

– Quais pratos você pode fazer em substituição a nossa ceia tradicional.

Eu também vou compartilhar uma receita de panetone Low Carb  testada e aprovada por mim.

 E  vou te contar como você pode participar do meu grupo Exclusivo do Facebook e tirar todas as suas dúvidas comigo sobre a minha Alimentação Anticâncer.

Além de interagir com as outras participantes desse Grupo secreto que estão vivendo os mesmos desafios que você.

É possível comer saudável e gostoso com a Minha Alimentação Anticâncer

Desde os primórdios, a nossa civilização aprendeu a celebrar à volta da mesa.

Por isso, que o fato de não ser recomendado que quem está em tratamento enfie o pé na jaca.

E saia comendo tudo o que vier pela frente tem um peso maior na vida de quem tem ou teve Câncer.

Porque além da restrição alimentar, a gente se sente excluído desse “clima” de celebração.

A própria nutrição integrativa afirma que existe a Nutrição primária e secundária.

 Tudo o que comemos…

Os alimentos saudáveis e tudo o mais que nos preocupamos por conta da saúde e/ou estética, são, na verdade, a nossa comida secundária.

Bom, o que é então comida primária?

Tudo que não é comida, mas também te alimenta: Relacionamentos, espiritualidade, atividades físicas, etc.

Viu só?

Relacionamentos, celebrações, tudo o que alimenta o nosso espírito também é considerado uma forma de nutrição!

Uma pergunta recorrente das minhas seguidoras, alunas e participantes da Comunidade da Minha Alimentação Anticâncer é:

O que eu como quando sou convidada para uma festa.

Agora mesmo, nas festas do final do ano, o que comerei?

A resposta é simples:

Eu como o que eu sinto vontade de comer… Não passo vontade!

Ué Paty, mas não é você que  defende a importância da Alimentação para a Saúde?

Exatamente!

Mas primeiro deixa eu abrir um parênteses aqui para a galera que está me conhecendo agora.

Fui diagnosticada com Câncer de Mama Infiltrante Grau 3 em 2014.

Terminei  meu tratamento em 2015. E hoje estou curada. 

você pode conhecer um pouquinho da minha história clicando aqui.

Durante o meu tratamento , e mesmo após um ano em remissão, eu segui TODAS as orientações da minha Nutricionista.

E segui a risca a Minha Alimentação Anticâncer.

As vezes eu sentia vontade de comer besteira? Claro!

Mas imediatamente pensava que toda a restrição que estava fazendo era em prol da minha Saúde.

Eu sabia que eu precisava dar ao meu corpo o melhor combustível que ele precisava para iniciar o processo de cura.

E  após inúmeros livros e cursos de nutrição eu também descobri que  todas as células do nosso organismo levam em média um ano para serem substituídas por outras células novas.

Eu fiz um curso sobre a “Gerson Therapy” no Instituto Gerson ,onde eles recomendam fortemente que um paciente oncológico siga seu protocolo nutricional por no mínimo dois anos.

Então, eu  assumi o compromisso comigo mesma que nos próximos 2 anos  iria colocar na minha boca somente alimentos que promovessem saúde.

Então, quando batia a vontade de comer besteira, dizia para mim mesma:  – Não posso, não quero, eu estou construindo o meu corpo novo e saudável.

Quando você sabe que essa restrição alimentar é temporária,  não bate o desespero e fica mais fácil sustentar.

Hoje, eu me permito fazer algumas “estripulias” ( entre muitas aspas).

Mas olha que interessante:

Depois de 2 anos comendo saudável, eu aprendi a fazer as melhores escolhas para a minha saúde.

Descobri que dá sim para comer saudável, comer comida de verdade.

E que ela pode ser gostosa.

Então, eu não sinto a menor falta de comer um monte de porcarias que eu comia antes do câncer.

É por isso que eu afirmo que a Minha Alimentação Anticâncer é muito mais que uma dieta restritiva, onde você precisa contar pontos ou calorias. Ela é um estilo de vida!

Essa foi a escolha que fiz lá atrás quando entendi a importância da Alimentação para a minha Saúde.

Precisava adotar uma Alimentação que me promovesse Saúde física, mas também emocional.

Não queria viver eternamente com medo ou ansiosa, sem saber o que comer.

Ou pior ainda, me restringindo, deixando de viver a minha vida, de estar com as pessoas  que gosto porque não posso comer isso ou aquilo.

Desde o inicio eu procurei buscar o equilíbrio.

Essa é a unica forma que conheço de você manter uma “dieta” por tanto tempo.

O que comer na sua Ceia de Natal e Réveillon

Para te mostrar o quanto a Minha Alimentação Anticâncer  é simples, fácil de fazer e o mais importante: Gostosa.

Vou te dar um “spoiler” do que vai rolar aqui em casa nas festas de final de ano.

Assim, você pode ter uma ideia do que você pode fazer na sua ceia de Natal e Réveillon.

E você vai ver como pode ser gostoso comer saudável.

:  )

Outro detalhe importante  é que quem está fazendo quimioterapia também pode comer tudo o que estou sugerindo sem medo.

 Minha sugestão de cardápio:

Arroz ( integral) com nozes e passas 

( Tudo bem se você não gosta de passas, você pode incrementar seu arroz com legumes cortados em cubinhos. Mas use tudo fresquinho. Nada de enlatados).

Salpicão ( esquece a batata palha e enlatados .  Também  faço uma maionese de amêndoas que fica deliciosa).

-Frango Assado ( orgânico. Aqui a gente usa da marca Korin)

– Farofa de cúrcuma

Bacalhoada ( quem faz quimioterapia pode comer bacalhau. Somente camarão e crustáceos de maneira geral que estão proibidos).

Lasanha de legumes ou cogumelos

– Estrogonofe com creme de amêndoas.

Sugestão de sobremesas:

– O meu chocotone que você pode pegar a receita mais abaixo.

Pudim de castanha de caju

-Bolo prestígio

– Salada de frutas

Já postei algumas receitas desses pratos aqui no Blog.

Todos esses pratos fazem parte dos meus Livros digitais da Minha Alimentação Anticâncer.

São 7 livros digitais com mais de 420 receitas, dicas de alimentação, sugestão de cardápio para você transformar a sua saúde através da Alimentação.

Você pode conhecer a Coleção Completa clicando aqui.

 Receita de Panetone Low Carb da Minha Alimentação Anticâncer

Minha Alimentação Anticâncer- Panetone

 

Essa receita, que faz parte do meu Livro da  Minha Alimentação Anticâncer  sobre sobremesas saudáveis.

Onde eu falo sobre as melhores substituições ao açúcar refinado, trigo e outros ingredientes utilizados nas sobremesas tradicionais que causam danos à nossa Saúde.

E também compartilho 60 receitas de sobremesas que foram testadas e aprovadas por mim.

Bem, como sou “chocólotra” assumida, adaptei a receita tradicional para um chocotone  feito com chocolate 70% .

E que não leva açúcar refinado, leite, trigo ou qualquer outro ingrediente não recomendado pela minha Alimentação Anticâncer.

Mas se você preferir o panetone tradicional basta substituir o chocolate por 150g de Frutas secas como damascos picados, uvas passas, tâmaras.

Ingredientes

  • 250 gramas de farinha de amêndoas
  • 8 colheres (sopa) de xilitol
  • 6 ovos orgânico ou caipira
  • 2 colheres (sopa) de fermento em pó
  • 1 colher (chá) de goma xantana
  • 1 colher (sopa) de essência de panetone
  • 100 gramas de chocolate 70% picado

Modo de Fazer

Numa vasilha grande, que dê para mexer, adicione os ovos e a essência de panetone e bata bem com um garfo.

Adicione o adoçante, fermento em pó e goma xantana e misture bem.

Coloque  a farinha e mexa até incorporar bem toda a massa.

Adicione o chocolate picado e misture.

Jogue a massa numa assadeira de panetone (que não precisa ser untada) ou numa forma de sua preferência (untar e enfarinhar).

Asse em forno pré-aquecido a 200 graus e deixe ele até que cresça. Depois abaixe o fogo para 160 graus e deixe assar por mais 20, 30 minutos.

antes de tirar, fazer o teste do palito.

Panetone Low Carb

Espero que esse Artigo possa ter te dado a inspiração que você precisa para fazer uma ceia de Natal e réveillon saudável e deliciosa ( por que não? )

Me conta nos comentários o que você vai  comer nas festas de final de ano.

E se você experimentar a minha receita de panetone me manda uma fotinho no meu WhatsApp que vou adorar!

Boas Festas e um Ano Novo com muita luz e saúde!

Ah! como estamos nessa fase de festas, eu e minha equipe, decidimos criar uma condição especial para quem desejar adquirir todos os livros da Minha Alimentação Anticâncer .

Basta clicar na foto abaixo para saber mais.



MINISSÉRIE COMO ENFRENTAR O CÂNCER

4 episódios com o PASSO A PASSO para trazer te Esperança, Confiança e Motivação

[100% ON LINE e GRATUITO]

[Exibição a partir de 27 de Janeiro]

Clique ABAIXO ↓ para assistir aos episódios quando eles forem no ar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *