AGROTÓXICOS: Conheça os alimentos que mais envenenam você

O que os agrotóxicos e pesticidas têm haver com a nossa saúde? TUDO!!!!!!

“Deixe o alimento ser seu remédio e seu remédio ser seu alimento”.

Essa máxima de Hipócrates, o médico da antiguidade grega , considerado pai da medicina, nunca esteve tão distante de nós!

Nossos alimentos estão cada dia mais envenenados por agrotóxicos, antibióticos e hormônios.

Segundo a OMS 1 a cada 3 pessoas serão diagnosticadas com câncer ao longo da vida. E o Cancer Research UK, afirma que se não fizermos nada a METADE das crianças nascidas após a década de 80 terão câncer!

É assustador ! Ainda não consigo compreender em que época da humanidade, deixamos que os alimentos se transformassem em agentes de doenças!

  agrotóxicos

É com um misto de espanto e indignação que partilho a informação da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de que mais de um terço dos vegetais mais consumidos por nossa população apresentam resíduos de agrotóxicos acima do aceitável!

Como se fosse razoável nos alimentarmos com legumes e verduras com algum tipo de resíduo cancerígeno.

Sim, a ingestão  prolongada de comida com excesso de agrotóxicos pode causar câncer, problemas neurológicos, e mais um mente de danos à nossa saúde.

Em 2010, a Academia Americana de Pediatria fez uma pesquisa com 1100 crianças e constatou que as 119 que apresentaram transtorno de déficit de atenção tinham resíduo de organofosforado (usado em agrotóxicos) acima da média das outras crianças.

Em 2010, foi usado 1 milhão de toneladas de agrotóxicos no Brasil.

Uma média de 5kg por habitantes. Essa é a média de agrotóxicos que consumimos junto com os nossos alimentos por ano!

Não é à toa, que cada vez mais, vemos pessoas mais jovens doentes.


    
 

Veja a quantidade da contaminação por agrotóxicos em cada alimento:

1- Pimentão 91,8%, 2- Morango 63,4%, 3- Pepino 57,4%, 4- Alface 54,2%, 5- Cenoura 49,6%, 6- Abacaxi 32,8%, 7- Beterraba 32,6%, 8- Couve 31,9%, 9- Mamão 30,4%, 10- Tomate 16,3%, 11- Laranja 12,2%, 12- Maçã 8,9%, 13- Arroz 7,4%, 14- Feijão 6,5%, 15- Repolho 6,3%, 16- Manga 4%, 17- Cebola 3,1%, 18- Batata 0%

 

 

E agora, a pergunta que não quer calar:

O que podemos fazer para ao menos minimizar os estragos feitos pelo agrotóxico nosso prato de cada dia,  já que o governo, não fiscaliza e não nos protege de agricultores inescrupulosos? 

E não há nenhuma política pública de apoio a um novo modelo de produção agrícola mais saudável em nosso País?

A primeira opção,  é consumirmos alimentos orgânicos, mesmo sendo mais caros que os tradicionais. Mas garanto que adoecer, causa ainda mais prejuízos.

Além disso,  o mercado é movido pela lei da oferta e da procura.

Portanto, se a população começar a praticar um consumo mais consciente, e exigir alimentos mais saudáveis, os produtos orgânicos irão baratear.

E os agricultores que utilizam agrotóxicos, irão ver que essa conduta não é mais tão lucrativa.

Infelizmente, não podemos esperar por uma política pública para que isso aconteça. Essa é uma atitude que deve partir de cada um de nós !

Independente disso, existem algumas dicas para minimizar o efeito dos agrotóxicos nos alimentos.

Pois eles ficam acumulados nas cascas das verduras, legumes, folhas e frutas.

 agrotoxicos

dica 1- Quando a fruta não é orgânica, nunca coma a casca. 

dica 2 – No caso das carnes, a dica é não consumir a pele e eliminar o máximo possível da camada de gordura. 

dica 3 – No caso das verduras e de frutas que não dão para descascar, como morango por exemplo, o indicado é utilizar uma solução muito fácil de fazer, para eliminar os agrotóxicos.

  • 900 ml de água
  • 100ml de vinagre branco ou de maçã
  • 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio
  • Deixe os alimentos de molho por 20 minutos antes de lavar
   

 

Fontes: cupeid.com e Lar-natural.com



Você sabia que os ALIMENTOS ALCALINOS são essenciais para a nossa saúde?

Assista a esse Vídeo e descubra como equilibrar o seu organismo e manter as DOENÇAS LONGE de você!

Basta clicar AGORA no botão verde Abaixo

setabotao



3 Comentários


  1. Oops, esse teclado… em vez de estrangeiros, quis dizer “estranhei”


  2. Quero resceber essas receitas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *