Autoexame: você está examinando a sua mama corretamente?

Quando chega o mês de outubro, o apelo ao Autoexame é reforçado juntamente com as campanhas de conscientização e prevenção do câncer de mama  tão divulgadas no outubro rosa.

Mas este exame deve ser feito mensalmente!

Acho importante esclarecer que o autoexame, assim como a mamografia, não previnem o câncer de mama. 

O que previve o câncer é uma alimentação balanceada, prática de atividades físicas e outros hábitos saudáveis.

auto-exame-prevencao-diagnostico-precoce-cancer -mama -dascoisasquetenhoaprendido

Porém, o autoexame ajuda a detectar um tumor precocemente e isso aumenta em muito as chances de cura.

Aliás, um câncer de mama detectado em estágio inicial tem um prognóstico de cura de 90 %.

Eu mesma, descobri o meu suposto nódulo tomando banho. E se não fosse pela negligência da mastologista que me atendia naquela época, e não solicitou uma biópsia, eu teria descoberto a doença no início e enfrentaria um tratamento muito mais leve.

 Você pode saber mais sobre esse assunto no POST: Quem tem medo de biópsia?

Então, observar e tocar os próprios seios são dois hábitos de saúde que deveriam sempre estar na nossa rotina.

A consistência e a aparência das mamas indicam, entre muitos outros riscos, a presença de um tumor.

 E existem  dias em que é mais fácil perceber alterações:

  • o autoexame dos seios deve ser feito do quinto ao sétimo dia após a chegada da menstruação.

Isso porque esse é o período em que a mama menos sente os efeitos da progesterona, hormônio sexual que aumenta as glândulas mamárias, dando aquela sensação de inchaço, encaroçamento e até dor.

Se você encontrar algum carocinho, não se desespere!

Os caroços que somem provavelmente estão relacionados a essa mudança hormonal e não representam perigo. Observe, e caso ele não desapareça, procure seu ginecologista ou um mastologista.

Mulheres que  não menstruam não podem fazer o autoexame em qualquer dia do mês.

As amigas  que turbinaram as “ peitcholas”  também  podem e devem fazer o autoexame, pois as próteses de silicone não atrapalham o autoexame das mamas devido à localização dos implantes.

Como os silicones ficam atrás das glândulas ou mesmo atrás dos músculos, elas não são um empecilho para a palpação do tecido mamário.

Vale lembrar que o autoexame das mamas não substitui a mamografia, exame que detecta precocemente a presença de um tumor e aumenta drasticamente as chances de cura.

Adorei a explicação da Jout Jout,  sobre como devemos fazer o autoexame: Simples, rápida, objetiva e bem humorada!

 

Pesquisando na internet,  também gostei muito da explicação de como fazer o autoexame que encontrei no site: www.tuasaude.com

 Então, copiei para vocês.

auto-exame-prevencao- diagnostico-precoce-cancer -mama -dascoisasquetenhoaprendido

Passo-a-passo para fazer o autoexame da mama:

  1. Como fazer a observação em frente ao espelho

  • Para se fazer a observação em frente ao espelho deve-se ficar retirar toda a roupa e observar seguindo o seguinte esquema:
  • Primeiro, observar com os braços caídos;
  • Depois, levantar os braços e observar as mamas;
  • Por fim, é aconselhado colocar as mãos apoiadas na bacia, fazendo pressão para observar se existe alguma alteração na superfície da mama.

Durante a observação é importante avaliar o tamanho, forma e cor das mamas, assim como inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades. Caso existam alterações que não estavam presentes no exame anterior ou existam diferenças entre as mamas é recomendado consultar o ginecologista

  1. Como fazer a palpação de pé

    A palpação de pé deve ser feita durante o banho com o corpo molhado e as mãos ensaboadas.

  • Levantar um dos braços, colocando a mão atrás da cabeça
  • Palpar cuidadosamente a mama com a outra mão usando os movimentos circulares
  • Repetir estes passos para a outra mama
  • A palpação deve ser feita com os dedos da mão juntos e esticados em movimentos circulares em toda a mama e de cima para baixo. Depois da palpação da mama, deve-se também pressionar os mamilos suavemente para observar se existe a saída de qualquer líquido.
  1. Como fazer a palpação deitada

  • Deitar e colocar o braço esquerdo na nuca
  • Colocar uma almofada ou toalha debaixo do ombro esquerdo para ser mais confortável;
  • Palpar a mama esquerda com a mão direita
  • Estes passos devem ser repetidos na mama direita para terminar a avaliação das duas mamas. Caso seja possível sentir alterações que não estavam presentes no exame anterior é recomendado consultar o ginecologista para fazer exames diagnóstico e identificar o problema.

Então, vamos nos tocar mulherada! Nossa saúde agradece!

 

RECOMENDADO:

50 perguntas para o seu oncologista

 

Você pode ter acesso GRATUITAMENTE  a uma compilação de questões essenciais apresentadas por mim,  pelos médicos, outros pacientes e seus entes queridos.

O guia inclui uma lista de perguntas para impressão.

Não deixe o medo, incerteza e a impotência influenciar o seu processo de tomada de decisão.

 

Basta clicar na foto e cadastrar o e-mail para onde você deseja que o Livro Digital seja enviado.

Já no início do meu tratamento, criei esse blog para compartilhar tudo o que estava aprendendo desde então.

E desde essa época, eu tenho falado com centenas de pacientes com câncer…

E as dúvidas são recorrentes.

Decidi então escrever esse manual pra te ajudar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *