Veja quais são os 8 alimentos que podem auxiliar o cabelo a crescer após a quimioterapia

O tratamento do câncer traz muitas mudanças no cotidiano dos pacientes. Uma delas é a queda de cabelo que pode ser causada pela quimioterapia. A intensidade dessa queda varia de acordo com o tratamento.  Mas após o tratamento, os fios voltam a crescer e são necessários alguns cuidados especiais para cuidar da saúde dos cabelos. Abaixo, você encontrará algumas informações para ajudá-lo a se preparar para esse período e realmente fazer o cabelo crescer após a quimioterapia.

Como já sabemos, os pacientes podem apresentar queda de cabelo como efeito colateral durante a quimioterapia.  Isso ocorre porque as drogas usadas atacam células que se multiplicam rapidamente no corpo, como por exemplo, as células cancerígenas e células em bulbos capilares. Esse efeito colateral pode ou não aparecer, e vale a pena conversar com seu médico para saber mais e entender o que realmente acontece com os fios antes de iniciar o tratamento para estimular o crescimento dos fios.

No caso de queda de cabelo, o cabelo começa a crescer naturalmente após o término da quimioterapia e, geralmente, o novo cabelo não mantém a aparência do cabelo anterior. É sempre uma surpresa a forma como eles voltarão.

Também existem alguns remédios que podem ser recomendados por oncologistas para acelerar esse processo de crescimento, como Minoxidil, Pantogar e Hair-Active. Mas para manter o cabelo saudável e revigorar, existem algumas orientações naturais que os pacientes em quimioterapia podem seguir que os ajudarão a recuperar a autoestima e o bem-estar!

E caso você possa estar preocupado em como deveria cuidar de seu couro cabeludo enquanto os cabelos não crescem novamente, eu também gostaria de te orientar sobre isso. Antes de tudo, é importante saber que mesmo sem a presença dos cabelos, você ainda deve lavar a cabeça regularmente, porque, caso contrário, isso pode estimular a oleosidade nesta região.

Eu adorava usar shampoo de bebê por possuirem menos quimíca. Além disso, muitas pessoas começam a fazer uso de acessórios como chapéus, lenços e perucas nesse período. Tanto para proteger a cabeça dos raios solares, como pela estética. Porém, caso você prefira assumir a careca, lembre-se sempre de aplicar protetor solar FPS 50, já que essa região do seu corpo que antes tomava pouco sol, agora ficará mais exposta aos raios UV.

Fazer o cabelo crescer após a quimioterapia
Alimentos para crescer cabelo depois da quimioterapia. | Foto: Freepik.

Conheça os 8 alimentos para estimular o crescimento do cabelo após a quimio

Para que o cabelo cresça mais rápido, uma boa nutrição e um estilo de vida saudável são necessários, além de cuidar do novo cabelo. Após a quimioterapia, demora cerca de 2 a 3 meses para o cabelo crescer novamente, e é comum que o cabelo novo seja um pouco diferente do antigo, antes liso pode ser encaracolado e vice-versa.

A textura e a cor do cabelo também podem mudar, e até cabelos grisalhos podem aparecer após a quimioterapia. Após cerca de 1 ano, o cabelo da maioria das pessoas está completamente normal novamente, mas em alguns casos isso não acontece e a pessoa começa a ter um novo tipo de cabelo. Tem mulheres que reclamam que o cabelo ficou mais fininho e mais ralo. Pode acontecer por conta da menopausa imposta pelo tratamento.

Uma dieta saudável fornecerá todos os nutrientes necessários para não apenas ajudar seu cabelo a crescer, mas também acelerar a recuperação do seu corpo após a quimioterapia. Portanto, além de evitar alimentos inflamatórios como salsichas e refeições prontas congeladas, coma mais frutas, legumes, alimentos integrais, azeite e grãos como linhaça e sementes de chia. Beber bastante água também é importante para manter a pele e o couro cabeludo hidratados.

Peixes

O peixe é rico em um mineral chamado silício, essencial para que nosso corpo funcione de forma saudável. Além disso, ajuda no crescimento e força do cabelo. Isso porque estimula a produção de queratina, elastina e colágeno, que são as estruturas mais importantes da haste capilar.

Frango

Outra opção de almoço proteico é o frango, que também traz muitos benefícios para o crescimento do cabelo. Além de ajudar a reparar os danos que seus fios sofrem todos os dias, o frango também contém vitaminas do complexo B, como biotina e niacina, que podem fortalecer suas madeixas. Se puder, dê preferência ao frango caipira ou orgânico.

Carne vermelha

A carne vermelha, por sua vez, pode ser considerada como um ótimo alimento para o cabelo porque contém o nível mais alto de ferro biodisponível do que qualquer outro alimento. Além disso, há bastante biotina, complexo B e zinco, vitaminas que têm uma função importante na manutenção da saúde e no aumento do volume do cabelo.

A proteína animal também é a maneira mais fácil de obter a RDA para esse macronutriente. Portanto, vegetarianos e veganos precisam prestar atenção especial à ingestão de proteínas vegetais para promover o crescimento do cabelo.

Ovos

Os ovos também são conhecidos por seus benefícios para o cabelo! Eles são uma ótima fonte de substituição de proteínas formadoras de cabelo que são danificadas todos os dias. Além disso, os ovos contêm grandes quantidades de ômega-3 e biotina, que são muito bons para o crescimento de cabelos mais fortes e saudáveis. 

Já falei várias vezes aqui no blog, mas não custa repetir: Eu só consumo os ovos da galinha feliz (caipira). Se for possível, prefira sempre os caipiras ou orgânicos.

 Abóbora e cenoura

Ambas contêm betacaroteno que se converte em vitamina A. Este nutriente hidrata a pele, os cabelos e combate os radicais livres.

Cereais integrais

Alguns cereais integrais como quinoa, arroz integral, e aveia, por exemplo, podem ajudar o cabelo crescer devido não só à grande quantidade de fibras que esses alimentos contém, uma vez que ajudam a fortalecer o cabelo, como também por conta dos nutrientes presentes nesses alimentos, como o ferro e o selênio.   

Feijão

É rico em ferro e ácido fólico, que previne o câncer de pulmão e mama e equilibra os níveis de colesterol no sangue. No campo da beleza, a ingestão do feijão protege e fortalece a pele e os cabelos.

Gengibre, cúrcuma e pimenta

Essa vitamina capilar fortalece os fios e reduz a queda e quebra, favorecendo o desenvolvimento das madeixas. Além disso, eles estimulam a circulação sanguínea no couro cabeludo (assim como o café), para que possam acelerar o processo de crescimento do cabelo.

Fazer o cabelo crescer após a quimioterapia
Saiba como fazer o cabelo crescer depois da quimio. | Foto: Freepik.

3 dicas extras para intensificar o crescimento 

Mesmo que seu cabelo cresça um pouco diferente de antes, você ainda pode cuidar da saúde dos seus fios e obter ótimos resultados.

Pratique exercícios físicos

A atividade física de 3 a 5 vezes por semana pode ajudar a reduzir o estresse, fortalecer o corpo, melhorar a circulação sanguínea e, assim, ajudar o cabelo a crescer.

Além disso, é importante lembrar que o cabelo leva tempo para crescer e o cabelo novo deve ser manuseado com paciência e muito cuidado para estimular o crescimento saudável do cabelo.

Evite o estresse

Sabe-se que o estresse causa queda de cabelo, portanto, o estresse em casa e no trabalho deve ser minimizado. Muitas pessoas vivem suas vidas ocupadas e se sentem irritadas ou cansadas todos os dias sem perceber que isso pode prejudicar o funcionamento normal do corpo, como causar queda de cabelo ou um sistema imunológico enfraquecido.

Tome sucos e vitaminas

Várias vitaminas são essenciais para o crescimento do cabelo, como as vitaminas B e as vitaminas A, C, D e E. Essas vitaminas ajudam a manter a pele e o couro cabeludo saudáveis ​​e fortalecem os fios de cabelo. Eles também são importantes para o sistema imunológico, ajudando o corpo a se recuperar e fortalecer. Uma maneira de garantir seu consumo desses nutrientes é tomando sucos e vitaminas ricos em fitonutrientes.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *