Dieta anticâncer: entenda como a alimentação influencia na prevenção

Ao longo da minha jornada contra o câncer, descobri que a alimentação desempenha um papel fundamental na minha saúde e bem-estar mesmo quando estava doente. Por isso, depois de curada, continuo compartilhando  insights sobre a influência direta da dieta anticâncer, que combate mas também atua na prevenção ao câncer. Isso com base em pesquisas científicas e na minha própria experiência, obviamente.

 

A busca por uma dieta anticâncer mudou minha perspectiva sobre a alimentação, se tornando uma ferramenta valiosa para levar a minhas leitoras e amigas pacientes oncológicas, ferramentas que auxiliam no combate à doença. Afinal, nada mais natural do que comer.

 

imagem ilustrativa de dieta anticâncer
Coma melhor!

 

Estou sempre levantando a bandeira de que é preciso se atentar a alimentação até quando já estamos aparentemente saudáveis. Isso deu uma turbinada no meu estilo de vida e creio que está ajudando a evitar o reaparecimento de tumores e o surgimento de novos.

 

Hoje, eu te explico resumidamente como nossas escolhas alimentares podem ser aliadas poderosas na prevenção do câncer. Continue lendo!

 

Como a alimentação influencia na prevenção do câncer?

Optar por uma alimentação anti inflamatória e antioxidante, rica em nutrientes e alimentos alcalinos foi crucial para fortalecer meu sistema imunológico e criar um ambiente menos propenso ao desenvolvimento de células cancerígenas. 

 

Como sabemos, tratamentos com radioterapia, apesar de efetivos, podem não combater todas as células defeituosas do nosso corpo, já que algumas são pequenas e não podem ser vistas, fazendo com que ainda haja chances do monstro do câncer reaparecer.

 

Mas estudos respaldam que há uma conexão direta entre escolhas alimentares e a prevenção ao câncer. Dar ao corpo as propriedades que ele de fato precisa auxilia na reparação e proteção do DNA celular, reduzindo assim a probabilidade de mutações.

 

Ao adotar uma dieta anticâncer como parte de um estilo de vida saudável, percebi não apenas melhorias físicas, mas também um impacto positivo em minha saúde geral. Essa escolha consciente na alimentação se tornou uma atitude proativa na prevenção ao câncer.

 

O que faz um alimento ser considerado bom para a prevenção do câncer?

Descobri que alimentos como mirtilos, framboesas, brócolis, couve e espinafre são verdadeiros aliados na prevenção ao câncer. Esses alimentos, repletos de antioxidantes, combatem os radicais livres, fortalecendo as defesas do corpo contra agentes causadores de câncer. Grãos integrais, ômega-3 e leguminosas também se destacam por seu papel na dieta.

 

Para promover a prevenção ao câncer através da alimentação, é essencial não considerar apenas os alimentos individualmente, mas também pensar na qualidade dos ingredientes e na forma de preparo dos pratos. Sempre opto por alimentos orgânicos e métodos de cozimento mais saudáveis, como vapor, assado ou grelhado, preservando os nutrientes essenciais, ampliando os benefícios da dieta.

 

imagem ilustrativa de dieta anticâncer
Pratos coloridos e orgânicos fazem toda a diferença.

 

Também é preciso enfatizar a importância de manter o equilíbrio do pH corporal.  

 

O que é isso? Já comentei algumas vezes aqui no blog, mas para resumir, o Ph é a medida que define se um composto é ácido ou básico (alcalino). Nosso organismo foi projetado para ser alcalino, logo, alimentos ácidos são sinônimo de problema.

 

Quando o corpo não absorve esse composto em boa quantidade, o organismo não elimina toxinas de forma eficiente. Dessa forma, o corpo tenta suprir a necessidade do ph equilibrado no sangue, sacrificando tecidos e órgãos.

 

Optar por uma alimentação alcalina, composta por frutas e vegetais frescos, pode ajudar a neutralizar a acidez no corpo. Alimentos como limão, abacate, tomate e vegetais de folhas verdes escuras são considerados alcalinizantes e ajudam a manter o pH do corpo mais equilibrado. 

 

Sim, limão! Não é porque um alimento tem acidez ao paladar que é considerado ácido. Àquelas frutas ácidas ricas como laranja e tangerina deixam resíduos orgânicos no corpo que após a digestão se tornam alcalinos. Aliás, essas duas são ricas em vitamina C e ótimas aliadas no aumento da imunidade.

 

ratinho dentro de casca de laranja
Vitamina C é vida 😎

 

Eu falo mais sobre alimentos alcalinos aqui.

 

O que faz o alimento ser considerado ruim para a prevenção do câncer?

Obviamente, alimentos processados, carnes embutidas, açúcares refinados e gorduras trans devem passar longe do nosso organismo. Vale sempre ler o rótulo e dar preferência a alimentos orgânicos, que você pode encontrar naquela feirinha da sua cidade.

 

Os aditivos químicos da comida industrializada, quando consumidos em excesso, podem gerar inflamações, desestabilizar o equilíbrio celular e potencializar os riscos relacionados à doença. 

 

Além disso, é importante ressaltar que os óleos refinados, comuns em diversos pratos e alimentos, são fontes de gorduras trans, conhecidas por seus efeitos adversos à saúde. 

 

Essas gorduras têm sido associadas não apenas ao aumento do risco de câncer, mas também a uma série de outras doenças crônicas. Optar por substituições mais saudáveis, como óleo de coco, azeite de oliva ou óleo de abacate, pode ser uma estratégia eficaz na busca por uma alimentação preventiva.

 

Não preciso dizer que é fundamental buscar um equilíbrio nas escolhas priorizando uma dieta variada e equilibrada todos os dias, né? No final de semana vale uma pizza, um chocolate ou um bolo mas sempre com moderação. Seu corpo agradece.

 

Outras dicas para a prevenção do câncer 

Adotar uma dieta anticâncer é parte de todo um estilo de vida mais equilibrado. Exercícios regulares, controle do estresse, sono adequado e abstenção do tabagismo são cruciais na prevenção ao câncer. Ações simples, como proteger a pele do sol, fazer exames de rotina e cuidar da saúde mental, também desempenham um papel importante.

 

black and white drawing with scribbles on top of the head
Relaxar ajuda na prevenção ao câncer.

 

Vale lembrar que, como sabemos, o excesso de peso está associado a um aumento no risco de desenvolver vários tipos de doenças. Portanto, busque manter um equilíbrio adequado entre alimentação saudável e atividade física regular para preservar um peso corporal saudável. Quando ficamos mais velhas, nosso metabolismo tende a ficar mais lento, por isso a manutenção de exercícios é um fator importante.

 

gatinho descendo escada deitado
Tentando um pouquinho todo dia.

 

Se você está em tratamento de câncer, eu recomendo que dê pequenos passos todos os dias, comendo, ou melhor, se nutrindo com os alimentos com a melhor qualidade possível. Comer de três em três horas ajuda a mantermos nossas fontes de energia. Se você se sente muito fatigada, tente levantar da cama ao menos um pouquinho para estimular o fluxo sanguíneo. Não esqueça de conversar bastante com a sua equipe de saúde.

 

Para ainda mais dicas sobre dieta anticâncer e prevenção ao câncer, eu recomendo que você dê uma olhadinha nos outros artigos aqui do blog. Foram escritos com muito carinho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *