Hábitos Anticâncer: Mudanças para uma Vida mais Saudável

Durante meu tratamento oncológico, aprendi a importância de integrar hábitos anticâncer em minha rotina. Ou seja, práticas que não apenas ajudam durante o tratamento da doença, mas que também promovam uma vida mais saudável e equilibrada, em qualquer circunstância. 

Neste texto, vou explorar o que são esses hábitos, como implementá-los na sua rotina, quais devem ser deixados de lado e qual a importância de buscar uma vida mais saudável. 

Vamos lá!

imagem ilustrativa alimentação saudável para hábitos anticâncer
Hábitos anticâncer: como começar. | Foto: Freepik.

O que são os hábitos anticâncer?

Na prática, os hábitos anticâncer são práticas do cotidiano que ajudam pacientes oncológicos a colaborarem mais ativamente com a recuperação da saúde, bem como quem está saudável a reduzir o risco de desenvolver câncer a longo prazo. Essas mudanças incluem escolhas saudáveis como prática regular de atividade física, sono adequado, gerenciamento do estresse e evitar consumo e contato com substâncias prejudiciais;

 

Além disso, quando falamos de escolhas saudáveis, estamos incluindo a adoção de uma reeducação alimentar restauradora: rica em frutas, legumes, grãos integrais e pobre em gorduras saturadas. Estou falando da minha alimentação anticâncer, da qual vou falar mais a frente neste texto. 

 

Continue lendo.

 

Praticar exercícios regularmente

Como citado, a atividade física é parte essencial dos hábitos anticâncer. Exercícios aeróbicos, como caminhada, corrida, natação ou ciclismo, ajudam a manter o peso corporal adequado, reduzem a inflamação no corpo e fortalecem o sistema imunológico, todos fatores que contribuem para a prevenção do câncer. 

 

Além disso, a atividade física regular também pode reduzir o risco de câncer de mama e cólon.

 

Controlar o estresse 

O estresse crônico pode enfraquecer nosso organismo e aumentar a inflamação no corpo, fatores associados ao desenvolvimento do câncer. Práticas como meditação, yoga, tai chi chuan e respiração profunda podem ajudar a reduzir o estresse e promover o bem-estar emocional e físico.

 

Também existem agentes químicos, físicos e biológicos que estão associados ao estresse no trabalho e que podem influenciar o surgimento do câncer.

 

Reduzir fatores que desestabilizam o organismo e geram adoecimento é fundamental para um estilo de vida saudável.

 

Adotar uma Alimentação Anticâncer

Adotar um estilo de vida saudável pode ajudar a manter um peso adequado, o que é importante, já que o excesso de peso está relacionado ao maior risco de desenvolver câncer e outras doenças crônicas.

 

A minha alimentação anticâncer é uma alternativa que leva a sério o que o corpo precisa. 

mulher com cesta de verduras praticando hábitos anticâncer com alimentação saudável
Hoje, eu não troco minha alimentação saudável por nada!  | Foto: Acervo pessoal.

Para quem não sabe, nosso corpo necessita de alimentos que não sejam inflamatórios. Ou seja, ingerir alimentos ricos em  fitonutrientes e antioxidantes e se afastar de alimentos processados, ultraprocessados e ricos em açúcar. Estes, não apenas irão te engordar mas também irão inflamar o seu corpo. 

 

Alimentos inflamatórios podem influenciar mutações de células cancerígenas, já que as células cancerígenas precisam de um organismo inflamado para progredirem.

 

Para saber mais sobre a aplicação da dieta alcalina anticâncer, clique aqui.

 

Tomar vacinas

Sim, manter a carteira de vacinação em dia faz parte de um estilo de vida saudável e anticâncer. Isso porque elas fortalecem o sistema imunológico, prevenindo doenças que podem influenciar mutações celulares.

 

O câncer de fígado, por exemplo, muitas vezes está relacionado à infecção pelo vírus causador da hepatite B, tornando a vacina contra hepatite extremamente necessária.

 

Já a vacina contra HPV (Papilomavírus Humano), protege também contra o desenvolvimento do câncer de colo de útero e pode ser aplicada em meninas a partir dos 9 anos de idade.

 

E, claro, o Ministério da Saúde fornece essas e outras vacinas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fazer check-ups com frequência

Muito se é falado sobre a importância de fazer check-ups anuais. A importância do diagnóstico precoce não deve ser subestimada. Não é preciso se sentir muito mal pra saber se está tudo bem, não acha? Mas existem alguns fatores de risco que pedem análises diferentes.

 

Mulheres entre 25 e 64 anos precisavam fazer exame preventivo para câncer do colo de útero, a cada três anos, sempre de olhos nos resultados nesse meio tempo.

 

O exame ginecológico, conhecido como papanicolau, é capaz de identificar células cancerígenas e outras anomalias, prevenindo contra várias doenças. É importante que além da realização do exame, seguir criteriosamente as recomendações definidas após as sessões médicas é essencial para uma vida saudável.

 

Quais são os hábitos que precisam ser deixados de lado?

A adoção de hábitos anticâncer exigem que você abandone hábitos também. Veja a seguir:

 

Recreativos tóxicos 

Já se sabe que fumar envelhece faz mal ao pulmão, mas além disso, o tabagismo está relacionado a diversos tipos de câncer: pulmão, esôfago, laringe, faringe garganta, boca, pâncreas e colo de útero. Quando fumamos, estamos liberando cerca de 4.700 substâncias cancerígenas.

 

O consumo de álcool, muitas vezes vendido como inofensivo, aumenta o risco de desenvolver câncer de intestino e fígado, potencializando ainda o efeito do fumo. 

 

Nas mulheres, o álcool está associado ao aumento do câncer de mama.

 

Conservantes e processados

Comida ultraprocessada, rica em açúcares adicionados, gorduras saturadas e aditivos químicos, está associada a um maior risco de câncer. Enquanto alimentos frescos e naturais são mais alcalinos, alimentos industrializados e cheios de açúcar inflamam o corpo e com isso, estimulam mutações celulares.

 

Alimentos ricos em conservantes (nitritos e nitrato, por exemplo), podem influenciar no surgimento de cânceres de cólon e reto.

 

Processados como presunto, salame, mortadela, salsicha, linguiça e até mesmo Blanquet de peru que eu jurava que era saudável, também apresentam substâncias cancerígenas. No geral, carnes vermelhas em excesso não são recomendadas.

Sexo sem proteção 

 

Lembra quando eu falei das vacinas contra ISTs? Bem, não ajuda muito se você não nutrir hábitos saudáveis em relação ao sexo também. Usar preservativos durante as relações sexuais pode reduzir o risco de contrair infecções e, consequentemente, o risco de doenças crônicas.

 

Exposição solar

O sol é fundamental para a saúde, pois auxilia na produção de vitamina D. No entanto, a exposição excessiva e sem proteção pode aumentar o risco de câncer.

 

Para prevenir, é essencial evitar a exposição prolongada entre 10h e 16h, quando os raios solares estão mais intensos, e sempre utilizar proteção adequada.

 

Os raios ultravioleta (UV) do sol podem causar danos à pele, levando ao envelhecimento precoce e ao câncer de pele.  Por isso, é fundamental adotar medidas de proteção, como o uso de protetor solar com FPS adequado, chapéus, bonés e guarda-sol.

gif cobrindo os olhos do sol com a mão hábitos anticâncer
Não deixe de se proteger do sol! | Gif: Giphy.com

No Brasil, o câncer de pele é um dos tipos mais comuns da doença, sendo o carcinoma basocelular o mais frequente, seguido pelo carcinoma espinocelular e pelo melanoma. A exposição ao sol é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento desses tipos, ressaltando a importância da proteção solar adequada, não se bronzear e realizar exames dermatológicos com frequência.

 

Como implementar na sua rotina?

Para implementar hábitos anticâncer, é importante fazer mudanças graduais e sustentáveis. Eu sempre gosto de anotar todas as minhas metas e montar um plano de ação de médio a longo prazo. Para isso você pode usar uma agenda, um planner, criar um bullet journal ou mesmo anotar em um papel.

 

Para desenvolver um estilo de vida saudável com hábitos anticâncer, é preciso primeiramente organização, depois tudo flui naturalmente. Anotar é importante para organizar nossos pensamentos e contribuir para qualquer tomada de decisões.

 

Estudos já relatam sobre a importância da consistência de pequenas ações no desenvolvimento de hábitos de alto rendimento.

 

É verdade que nutrir padrões de comportamento saudáveis pode ser desafiador inicialmente, mas é possível com determinação e estratégia. 

 

Importante estar preparado para enfrentar resistências internas, como a procrastinação e a falta de autocontrole quando se trata de reeducação alimentar e exclusão de mal hábitos, por exemplo. Nesses momentos, é útil contar com o apoio de amigos, familiares e profissionais que podem oferecer incentivo e orientação. Além de não desistir e ir um passinho de cada vez.

Não deixe nada ficar no caminho dos seus cuidados com a saúde! | Gif: Giphy.com

O processo geralmente envolve algumas etapas:

 

Identificação dos hábitos anticâncer

 

  • Fazer check-ups anuais como exames de sangue, dermatológicos, papanicolau e mamografia;
  • Manter a carteirinha de vacinação completa, se atentando para exames de Hepatite B e HPV;
  • Adotar uma dieta anticâncer alcalina. Você também pode dar uma olhadinha na minha lista de livros sobre alimentação anticâncer com receitas;
  • Frequentar feiras de orgânicos e optar por alimentos naturais,
  • Aderir a alguma estratégia para redução de estresse;
  • Adotar uma skincare básica com utilização de protetor solar diário;
  • Montar um cronograma de exercícios físicos;
  • Fazer relações sexuais somente com proteção;
  • Abolir fumo e álcool.

 

Estabelecer metas claras e alcançáveis 

Agora que você já consegue ver claramente o que deve ser feito, está na hora de montar um plano de ação.

 

Anote todos os seus compromissos: trabalho, faculdade, hobbies e responsabilidades e coloque em um cronograma para visualização. Também inclua seus horários de refeições e os dias de ir ao mercado.

 

A partir daí, você pode incluir seus novos hábitos anticâncer a partir disso. Por exemplo:

 

  • Incluir a academia ou uma caminhada de manhã ou à noite;
  • Reservar um momento ao acordar para planejar o dia em uma agenda, incluindo alimentação e lista de compras;
  • Um momento para meditar;
  • Ver dias disponíveis para marcar, check-ups médicos, vacinas e até psicólogo ou nutricionista.

 

Uma estratégia eficaz é associar o hábito anticâncer a um hábito já existente, criando uma espécie de “gatilho” que te lembra de realizar a nova ação. É fundamental manter a consistência e a motivação ao longo do processo, celebrando pequenas vitórias e aprendendo com eventuais deslizes.

 

Incorporar mais alimentos saudáveis na sua dieta, buscar atividades físicas que sejam prazerosas para você, encontrar maneiras saudáveis de lidar com o estresse, como meditação, yoga ou hobbies relaxantes, tudo isso pode contribuir significativamente para a sua saúde geral por evitar o estresse que enfraquece o sistema imunológico e estimula células cancerígenas.

 

Adicione “pílulas de hábitos anticâncer” todo dia até que se tornem naturais.

 

Qual a importância da busca por uma vida mais saudável?

A busca por uma vida saudável vai além da prevenção do câncer. Ela também pode melhorar a qualidade de vida geral, aumentar a longevidade e reduzir o risco de outras doenças, como diabetes e doenças cardíacas.

 

Adotar hábitos saudáveis pode melhorar a saúde mental e aumentar a autoestima, contribuindo para um dia a dia mais feliz e pleno. Tudo valerá a pena.

gif mulher se exercitando para manter hábitos anticâncer
Vamos começar? | Gif: Giphy.com

Gostou dos hábitos anticâncer que eu mostrei? Continue aqui no blog e encontre vários conteúdos relacionados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *