Como fortalecer seu Sistema Imunológico e blindar o seu Corpo contra o Câncer e outras Doenças

Saber Como fortalecer seu Sistema Imunológico é fundamental para deixá-lo de prontidão e não ser  nocauteado pelo Câncer, ou até mesmo por doenças mais simples, como uma gripe.

Nesse Artigo, você irá aprender as táticas certeiras para se resguardar  de células com mutação genética , em outras palavras, com potencial cancerígeno.

Além de vírus, bactérias e afins.

E Se você foi diagnosticad@ com câncer, mesmo que já  tenha terminado o tratamento, esse Artigo também é pra você.

Aliás esse Artigo é para todos que desejam ter uma vida saudável bem longe de doenças!

Porque a diferença entre um paciente oncológico e uma pessoa saudável, é que em algum momento da vida de quem tem ou teve câncer o  seu sistema imunológico falhou.

Ele estava tão sobrecarregado e enfraquecido que não foi capaz de enxergar e/ou parar essas células malignas de se multiplicarem no nosso organismo.

E se desde que você iniciou a Quimioterapia,  a sua imunidade despencou. Fica comigo porque eu também vou dar dicas de Como fortalecer o seu Sistema Imunológico mesmo durante o tratamento.

É importante ter em mente que fazer todo o protocolo de tratamento sugerido pelo seu oncologista é fundamental para a sua cura. Mas pasme com o que vou te falar agora:

Não é o seu tratamento que irá te curar. Aliás, remédio nenhum cura ninguém de nenhuma doença. Quem cura é o nosso corpo. O nosso sistema imunológico!

Os medicamentos apenas dão condições aos nossos corpos de se curarem.

Uma única gota de sangue que corre nas suas veias, carrega 6 mil neutrófilos, 100 basófilos, 600 monócitos e 300 acidófilos. Estranhou tantos nomes estranhos em uma única frase?

Pois eles são os soldados que compõem o  exército do sistema imunológico responsáveis por te denfender do cãncer e outras ameaças.

Como fortalecer seu Sistema Imunológico

De maneira geral, adotar hábitos saudáveis , que fazem bem ao organismo todo, é a melhor maneira de cuidar da imunidade.

Mas agora falarei das principais atitudes que já foram sinalizadas por estudos serem capazes de deixarem nossas tropas de defesa mais prontas para o combate.

ALIMENTAÇÃO

Como fortalecer seu Sistema Imunológico

Nem preciso falar que a alimentação é fundamental para quem deseja ter um sistema imunológico forte e ativo.

Não canso de repetir que os alimentos têm o poder de prevenir e curar. Nós somos literalmente o que comemos!

Já reparou que se você tem um carro e coloca gasolina adulterada, ele começa a engasgar e não se movimenta com a mesma eficácia?

Pois a nossa alimentação é o combustível do nosso corpo!

Porque acreditar que nosso organismo vai funcionar 100% e vamos ter saúde se estamos dando porcarias pra ele?

A maioria dos pacientes oncológicos ao serem diagnosticados sofrem de algum tipo de desnutrição.

Você pode estar até se perguntando:

Mas Paty, eu estou acima do peso? 

E eu te respondo, e daí? 

Se tem uma coisa que eu aprendi com o Câncer é que existe uma grande diferença entre comer e se nutrir!

Desde que fui diagnosticada com câncer, em 2014 e comecei a investigar os motivos de ter tido câncer tão jovem e sem casos na família, entendi a importância da alimentação na minha saúde.

Desde então, decidi adotar a Dieta Alcalina, que na minha opinião é a que mais fortalece  o nosso sistema imunológico .

Na verdade, nem considero a Dieta Alcalina ou Dieta do PH como um dieta, e sim como uma reeducação alimentar.

Seguir a dieta alcalina é  adotar um cardápio balanceado, comer comida de verdade, nutritiva, comer bem, saudável e com variedade.

Isso garante as vitaminas e minerais necessários para blindar o corpo.

Se você  quer saber mais sobre como fortalecer o sistema imunológico através da Dieta Alcalina, você precisa assistir esse vídeo.

Leia esse artigo também :  Essa é a Dieta que todo paciente oncológico precisa conhecer (imediatamente)!

EXERCÍCIOS

Como fortalecer seu Sistema Imunológico

Praticar algum esporte regularmente e numa intensidade moderada tem efeito direto sobre as células de defesa.

Além disso, suar a camisa dá um gás extra na circulação sanguínea. E isso incrementa um aporte de suprimentos para todas as partes do corpo e minimiza inflamações.

Se você está em tratamento e não está aguentando uma gata pelo rabo, saiba que isso é normal.

O que você está sentindo se chama Fadiga Oncológica, e a melhor forma de amenizar esse efeito colateral é …

Fazendo atividades físicas…hehe!

Por essa você não esperava, né?

E se você ainda não se convenceu da importância das atividades físicas, saiba que mexer o esqueleto ainda ajusta a comunicação entre os diversos “soldadinhos” do sistema imunológico.

Essa galera fica mais esperta!

É  como se todos os protocolos de segurança interna do organismo se tornassem ágeis e inteligentes.

ATENÇÃO: Essa é uma informação que eu adoraria ter tido, antes do diagnóstico. Pois era rata de academia e malhava pesado de 2 a 3 horas por dia religiosamente. Eu achava que o que fazia era saudável. Porém,  hoje eu sei que  levantar muito peso ou correr além da conta põe tudo a perder. O exagero leva a um quadro inflamatório e uma consequente queda na função imune.

SONO

Manter esse batalhão em forma não sai barata. Muita energia é gasta para que nossos soldados permaneçam a postos.

Vamos pensar juntos: Qual o momento ideal para que o nosso quartel general seja limpo, organizado e os ajustes  sejam feitos para que  o pelotão continue em operação?

Nota dez para quem pensou nas horas de descanso noturno.

Dormir bem é um fator crucial, pois durante esse período a imunidade se refaz.

E portanto, quem fica as noites em claro, está jogando contra seu sistem imunológico.

Dormir pouco faz subir a liberação de cortisol, um hormônio relacionado ao stress.

Em excesso, essa substãncia diminui a reação da defesa. Os soldados ficam meio lerdinhos, entende?

Um estudo conduzido no Instituto do sono em São Paulo,  apontou que a privação do sono corta pela metade a produção de anticorpos .

Outro Artigo, assinado por cientistas da niversidade da Califórnia (USA), aponta  que o risco de ficar resfriado é 4,5 vezes maior em pessoas que dormem menos horas por dia.

A conclusão foi taxativa:

Descansar  entre 7 e 8 horas turbina o sistema imunológico!

Nessa pesquisa americana, 164 voluntários registraram as horas de sono durante uma semana. Depois , foram isolados em un hotel por 5 dias, onde travaram contato com o rinovirus, causador do resfriado. E advinha:

Aqueles que dormiram menos tempo acabaram mais doentes. Sinal que o sistema imune não estava a postos para eliminar a ameaça.

O resultado foi esse:

Menos de 5 horas dormidas= 42,5 % risco de resfriado

Entre 5 e  horas= 30%  risco de resfriado

Mais de 7 horas = 17,2% risco de resfriado

ESTRESSE

Você sabia que o stress é fundamental para nossa existência?

O que acontece é que situações tensas desencadeiam uma reação imediata do corpo, que libera adrenalina , hormônio que acelera o coração, e cortisol, substância que eleva a pressão arterial e aumenta o aporte de energia aos músculos.

Todas essas modificações Têm o objetivo de nos deixar prontos para enfrentar ou fugir do perigo.

Essa habilidade significou muito para a nossa sobrevivência quando a gente tinha que fugir dos dinossauros ou dos animais da selva.

O problema é que hoje não fugimos mais dos mastodontes ou caçamos tigres.

E o nosso stress está no trãnsito, no trabalho, nas filas, no medo da crise, do assalto, etc.

E  portanto, stress não é mais algo pontual que sentimos de vez em quando, diante de um perigo iminente. Na nossa sociedade o stress virou uma doença crônica.

E a produção contínua dos hormonios do stress como o cortisol detona o nosso sistema imunológico.

Se você quer se aprofundar um pouco mais nesse assunto, aqui no blog tem um Artigo completo sobre o estresse, intitulado: Stress causa Câncer?

TÁTICAS ANTI-STRESS

MEDITAR:  Existem vários estudos que apontam que esvaziar a mente reduz marcadores de inflamação, atrasa o envelhecimento das células e fortalece o sistema imunológico.

Como adepta da Meditação, farei, em breve, um Artigo sobre esse assunto aqui no Blog.

CANTAR : Quem canta, literalmente, seus males espanta! Além de aliviar o stress, os níveis de proteínas inflamatórias diminuem drasticamente em quem cana em um coral por exemplo.

DANÇAR: Além de ser um excelente exercício físico, dançar também reduz drasticamente os níveis de stress e ainda faz bem para a memória,  melhora a agilidade de raciocínio  e é muito divertido. Eu que faço dança de salão, super recomendo!

RIR: Pacientes com câncer no Japão, fizeram a terapia do riso. E após algumas sessões a imunidade deles aumentou. Assistir comédias costuma funcionar!

FAZER ARTE: Escrever, ouvir música, tocar instrumentos, pintar e até mesmo fazer artesanatos aumentam o estado “Flow”,  que é o nosso foco no momento presente e no fluir da vida.  E isso é um santo remédio para as nossas defesas imunológicas.

RELAÇÕES SOCIAIS

Tom Jobim já cantarolava: “É impossível ser feliz sozinho…”

E  a ciência está aí para confirmar isso. Um estudo da Universidade da Califórnia e Chicago comprovou que as relações sociais impactam sim, na imunidade.

Foram avaliadas 141 pessoas por uma década . Um quarto delas se declarava socialmente isolado . Os cientistas colheram amostras de sangue e de urina dos participantes no quinto e no décimo ano da pesquisa para medir diversos parâmetros relacionados ao sistema imunológico.

Os solitários apresentavem maior  atividades de genes promotores de inflamação, enquanto certas proteínas antivirais permaneciam escassas.

Na solidão, predomina a tristeza. Por isso, a falta de promiximade com os outros alavanca as taxas de cortisol e rebaixa as de dopamina, hormônio do humor e bem ester.

E OS PETS?

Ter um bicho de estimação deixa a imunidade mais preparada para o contra-ataque. O contato é particularmente vantajoso na infância, porque os pelos e as bactérias dos animais ajudam a treinar o batalhão imune desde cedo.

Uma experiência finlandesa aponta a redução de 30% no risco de infecções respiratórias em bebês expostos aos peludos.

E se você estiver fazendo quimioterapia, você não precisa se afastar ou se desfazer do seu bichinho de estimação.

Pelo contrário, já está mais que comprovado que manter contato com seu animalzinho ajuda no tratamento.

Em breve, farei um Artigo sobre a Pet Terapia que, inclusive, alguns hospitais e casas de apoio estão adotando com seus pacientes.

HIGIENE

O câncer é uma doença degenerativa, ou seja, ela acontece por conta de algo que não vai bem no nosso organismo. No caso, células com defeito no código genético que não foram eliminadas pelo nosso sistema imunológico e começaram a se multiplicar loucamente.

Como fortalecer seus Sistema Imunológico

Porém, existe várias outras doenças provocadas por agentes externos.

Pense em quantos objetos você tocou na ultima hora: Caneta, celular, computador, maçaneta.etc…

As mãos  estão em contato direto com locais impregnados de germes. Daí, basta levar os dedos aos olhos ou à boca para que os vírus ou bactérias ganhem acesso ao corpo.

Portanto, a recomendação de lavar as mãos após o toilete e antes das refeições que ouvíamos da nossa mãe e tia da escola,  ainda está valendo!

Especialmente , se você estiver fazendo quimioterapia e sua imunidade estiver baixa.

Lavar as mãos com regularidade, reduz a probabilidade de pegar doenças.

Se pia, água e sabonete não estão disponíveis, o álcool em gel é um aliado em tanto.

E  a velha sugestão de espirrar ou tossir em lenços de papel continua válida.

Mas por favor, nada de neurose!  Assim como a canja de galinha, uma dose de bom senso não faz mal a ninguém!

Quer saber quais os alimentos mais poderosos para a sua imunidade? Clique na foto e baixe meu livro gratuito.

11 Comentários


  1. Tâmaras e uvas passas, açúcar de coco, melancia e banana nanica devem se evitados por causa do açúcar?


  2. Muito bom, Patty! Parabéns por estar sempre procurando ajudar! Eu estou a caminho dos bons hábitos. O q mais me preocupa são os alimentos cheios de agrotóxicos! Alimentos orgânicos nem sempre são fáceis de encontrar….??❤️


  3. Eu concordo 100% que a dieta alcalina é a melhor, não só para pacientes oncológicos, mas também para quem não quer se tornar um.
    Só questiono por que o único tratamento adotado pela rede pública de saúde é o pior de todos eles? As estatísticas sobre cura através da quimioterapia publicadas nas revistas médicas são completamente equivocadas. Eu sou licenciada em Matemática e tenho certeza disso! Mas mesmo quem não entende nada de estatística é capaz de perceber esse erro, pois basta olhar ao seu redor. Eu não conheço ninguém que tenha sobrevivido à quimioterapia por mais de 10 anos. Não estou dizendo que não exista, eu é que não conheço. Todos com quem eu convivi e que sofreram dessa doença e optaram pela quimioterapia, ou morreram durante o tratamento, ou depois de poucos anos por consequência dele, pois a quimioterapia SEMPRE deixa sequelas e efeitos colaterais. Mas, também conheci quem apenas cuidou da alimentação e da mente e se curou completamente, sim, porque somente a alimentação pode não ser o suficiente, já que a maior parte das doenças que adquirimos advém de um desequilíbrio emocional. Por isso é fundamental manter corpo e mente sãos.

Página 1 de 3 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *