Vida pós câncer: Conheça quais são os alimentos amigos da concentração e memória

Quem leu o meu post: “O que é deficit cognitivo pós quimioterapia?”  já está ciente de que o esquecimento, falta de memória e concentração são efeitos colaterais muito comum na vida pós câncer de quem já fez quimioterapia. 

Eu, que já não tinha boa memória, agora estou batendo recordes!

Então, como acredito que os alimentos têm poder curativo e podem fazer milagres para a nossa saúde, pedi  para minha nutri me recomendar quais os alimentos que podem ressuscitar o meu “tico e teco”.  Conheça  AGORA quais os alimentos mais recomendados para  a concentração e memória.



Além das recomendações da minha nutri, andei pesquisando e, quero compartilhar com vocês, algumas mudanças em nosso cardápio que  podem ajudar o nosso cérebro a se manter mais ativo e concentrado, melhorando a nossa memória.

Esses alimentos não podem faltar na mesa de quem quer ter não só uma boa memória. Mas é válido para todos que buscam uma alimentação mais saudável. Afinal,  não é só quem faz quimio que fica com a memória ruim. Existem outros fatores causadores do déficit cognitivo, como por exemplo:
  • stress
  • má alimentação
  • depressão
  • ansiedade
  • fadiga
  • distúrbio do sono
  • alterações hormonais
 
Então, independente de você ter realizado quimio ou não, caso esteja sentindo que os seus neurônios já não estão te respondendo com a mesma eficiência, inclua esses alimentos na sua alimentação e turbine a sua memória :
 
1) ZINCO
 
Desempenha a função regulatória no organismo, atua na memória, na concentração e na atividade neuronal, protegendo os neurônios contra os radicais livres
Você pode encontrar zinco em carnes, ovos, laticínios


2)SELENIO
 
Estudos mostram que esse mineral tem um forte impacto sobre o cérebro. Pessoas com baixos níveis de selênio podem sofrer até alterações de humor.
Boas fontes de selênio são alho, grãos, castanha-do-pará ,nozes, avelã, abacate
 


 
3) FERRO
 
O ferro ajuda a carregar o oxigênio para os tecidos, inclusive para o cérebro. Portanto quando os níveis de ferro diminuem, o organismo fica com pouco oxigênio disponível, resultando em fadiga, perda de memória, concentração reduzida e apatia.
 
As fontes de ferro estão divididas entre animais e vegetais:
 
Animais- carne vermelhas, frango, peixes e mariscos crus.


Vegetais- Folhas verdes escuras como, espinafre, agrião, couve, leguminosas como feijão, grão-de-bico, ervilha e lentilha.




Acredito piamente que a alimentação é um dos mais importantes combustíveis para a restauração e manutenção da nossa saúde. E portanto, é um item que não deve ser ignorado não só na minha vida pós câncer, mas na  vida de todos que desejam manter uma vida saudável.



Você sabia que os ALIMENTOS ALCALINOS são essenciais para a nossa saúde?

Conheça o meu Livro Digital “Minha Dieta AntiCâncer – Alimentos Alcalinos” e descubra como equilibrar o seu corpo e manter as DOENÇAS LONGE de você!

Basta clicar AGORA no botão verde Abaixo

setabotao



14 Comentários


  1. Sou vegetariana. …por quais alimentos posso substituir??


  2. Flor de maracujá!
    Tudo bem?

    Eu notei mesmo que meu papys ficou diferente durante o tratamento!!
    Ele tem a alimentação bem balanceada, mas não custa falar para o doutor entrar com um suplemento de minerais adequado também à idade dele (67).
    Post ótimo!

    Beijokas,

    Valéria Zukauskas
    (Zuka do Periscope)


  3. Adorei a pesquisa, muito gratificante.

Página 1 de 3 Próximo →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *