Perda de massa magra e tratamento de câncer: confira os alimentos que ajudam com isso

Existem muitos fatores relacionados ao câncer e perda de massa muscular. Dentre eles, podemos destacar o cansaço, a falta de exercícios, a perda de apetite e todo o esforço que o corpo faz para combater a doença.

Talvez você pense que perder massa muscular não pode te acontecer porque você nunca foi musculosa nem nada, mas a realidade é que os músculos representam 50% da nossa massa corporal e são muito importantes para a manutenção do nosso bem-estar. Além disso, a  falta deles torna ainda mais difícil o sucesso no tratamento oncológico.

A boa notícia é que, com maiores cuidados relacionados à nutrição, a perda de massa muscular pode ser reduzida, possibilitando que você mantenha toda a força necessária para levar o tratamento de forma mais tranquila, com a recuperação de cada fase de forma menos cansativa.

Confident woman fighting breast cancer

Câncer e perda de massa muscular, o que fazer? | Foto: Freepik. 

E sim, eu sei que a quimioterapia, a radioterapia e o próprio câncer são um combo que deixa a gente indisposta, enjoada e sem apetite, mas há algumas formas de diminuir esse enjôo, formas que funcionaram pra mim e que fazem parte das orientações de profissionais de saúde.

Desde a minha formação em terapeuta ayurveda, eu aprendi a diferença entre comer e me nutrir. 

Afinal, nós não somos o que comemos, somos o que o nosso corpo absorve.

E por isso, quando eu estava com câncer, quase não tive modulações de peso e perda de massa magra, pois fiz o necessário para manter energia suficiente para continuar com várias atividades cotidianas. 

Inclusive, eu ia voltava do hospital após etapas como a radioterapia dirigindo o meu próprio carro, como se nada tivesse acontecido.

No texto abaixo, eu te conto um pouco o que eu aprendi sobre a relação do câncer e perda de massa muscular,.

Você também irá compreender como a perda de massa magra pode afetar a saúde da pessoa com câncer . E como uma alimentação nutritiva pode ajudar a manter a massa muscular durante o tratamento oncológico. Continue lendo!

Como escolher os alimentos certos para ganhar massa muscular durante o tratamento?

É comum que, durante o câncer, nos deparemos com diversas soluções mágicas para mandar o câncer embora, mas não é simples assim.

Se você estiver com câncer e perda de massa muscular, o que será percebido não só pela sua aparência, mas por exames físicos, você deverá adotar uma dieta rica em carboidratos ( de baixo índice glicêmico) , proteínas e diversos fitonutrientes.

Peanut Butter Food GIF by MassWIC - Find & Share on GIPHY

É o poder da proteína! | Giphy.com.

Esse é um motivo pelo qual ter um acompanhamento nutricional  é tão importante: para que não corramos o risco de nos encher de comidas pesadas e gordurosas só para estimular o ganho de peso!

As escolhas devem ser cuidadosas para que possamos continuar superando o câncer com mais qualidade de vida e o mínimo de efeitos colaterais.

Por que perdemos massa magra durante o tratamento de câncer?

Durante o tratamento de câncer, o nosso corpo gasta mais calorias. Na busca por  retomar a saúde e compensar o desgaste do tratamento, ele acaba gastando mais energia que o normal.

Isso faz com que, na maioria das vezes, percamos peso drasticamente. O nome dessa condição de perda de massa muscular é sarcopenia.

Essa comorbidade é uma das responsáveis pelo cansaço extremo que sentimos. E, com isso, tudo fica mais difícil: subir e descer escadas, carregar peso e até andar normalmente, e também apresentamos perda de flexibilidade.

Alimentos que Ajudam a Ganhar Massa Muscular

Se você estava acostumada a fazer dieta para emagrecer, como eu disse, agora é a hora de fazer a “dieta do engorda”, através da ingestão de alimentos mais calóricos, com bastante carboidratos e proteínas. 

Mas, isso não quer dizer que você deva se entupir de calorias ruins, e sim de calorias boas. Isso ajuda a evitar a perda de massa magra  e dificulta o ganho de gordura.

Health Food GIF by Berhana - Find & Share on GIPHY

Nada de se encher de industrializados e besteiras calóricas! | Ghiphy.com.

Sabe aquela alimentação de “pessoas fitness”? Com bastante frango, batata doce, e ovos? Funciona mais ou menos nessa mesma lógica.

No meu Manual de Alimentação Anticâncer, apresento várias orientações e receitas gostosas para o dia a dia, baseadas no equilíbrio do nosso pH corporal e em nutrientes que costumamos perder durante a doença.

Muitas dietas da moda orientam pacientes oncológicos a manter uma dieta rica em gorduras e pouco ou nenhum carboidrato, o que acredito ser totalmente equivocado, além de não ser sustentável a médio e longo prazo.

Quando anulamos os carboidratos, estamos anulando também alimentos cheios de fibras e que equilibram a quantidade de glicose necessária no corpo para manutenção energética.

Eu recomendo que o prato apresente em torno de 20% de proteínas, 30% de carboidratos de baixo índice glicêmico. E o restante, de verduras e legumes que são as estrelas da minha Alimentação Anticâncer.

Fruit Salad GIF by MAKAI Açaí & Superfood Bar - Find & Share on GIPHY

Já ouviu falar que prato bom é prato colorido? Pois é verdade! | Giphy.com.

Algumas sugestões de carboidratos e alimentos protéicos para fortalecer sua massa muscular são:

  • Batata doce;
  • Grão de bico;
  • Peixe;
  • Ovos;
  • Brócolis;
  • Couve Flor;
  • Amêndoas;
  • Feijão;
  • Lentilha;
  • Sementes de Gergelim;
  • Rúcula;
  • Acelga;
  • Rabanete;
  • Melancia;
  • Milho orgânico;
  • Palmito (auxilia no metabolismo das proteínas).

É importante lembrar que, mesmo com a ingestão desses alimentos, às vezes precisamos tomar suplementos alimentares. Esses também precisam de orientação médica, pois alguns nutrientes em excesso fazem mal à saúde.

Além do cuidado alimentar, a prática de exercícios também é indicada para ajudar a evitar a perda de massa muscular.

Claro que você não precisa tentar correr uma maratona. Mas uma pequena caminhada e a prática de pequenos estímulos físicos diários, além de ajudarem a manter a massa magra, ajudam a melhorar o humor, tão importante para enfrentar o câncer.

Health Food GIF by Berhana - Find & Share on GIPHY

Exercite-se onde estiver! | Giphy.com.

Mesmo com tanto cuidado, o peso deve ser verificado regularmente, toda semana. Para assim, adaptar o tratamento de acordo com os resultados.

Como os Alimentos Ajudam no Tratamento do Câncer

É recomendado que pacientes adultos contem com cerca de 20 a 35 kcal/kg de seu peso atual por dia e 1,0 a 1,8 gramas proteína/kg de seu peso atual por dia, através de uma alimentação nutritiva e suplementação via oral.

Nessa briga por nutrientes entre o tumor e nosso organismo, a reposição inteligente de nutrientes é essencial para a recuperação da doença e fortalecimento do organismo, que fica mais fraco durante o câncer.

Além da manutenção da massa muscular, a ingestão correta de nutrientes evita e combate infecções, além de hidratar o corpo, que perde água pela falta de nutrientes e pela radioterapia.

Dicas para Incluir Alimentos Saudáveis na Dieta

  • Coma antes dos procedimentos; 
  • Deixe a comida pronta na geladeira para você consumir  após cada procedimento;
  • Aposte em alimentos leves e servidos frios para não enjoar;
  • Coma pequenas porções ao longo do dia caso você sinta enjoo com frequência;
  • Faça versões proteicas e nutritivas de receitas saborosas como sucos, shakes, smoothies, iogurtes, sorvetes, bolos, tortas e panquecas.
  • Chame seus amigos para fazer companhia e melhorar seu humor durante as refeições! Quer uma maneira melhor de incentivar a alimentação?

Para recuperar a sua saúde e perda de massa muscular, além de aprender diversas receitas saborosas com nutrientes saudáveis que estimulam a manutenção do peso, conheça a minha Mentoria de Alimentação Anticâncer: DETOX TERAPÊUTICO. Clique aqui e confira!



É com muita alegria no que anuncio que estão abertas  as inscrições para a Mentoria:

 Minha Alimentação Anticâncer 
DETOX TERAPÊUTICO

Esse é o meu acompanhamento de perto por 1 ano para te ajudar a transformar a sua saúde através da alimentação. 

CLIQUE em AQUI para conhecer mais detalhes e garantir a sua participação

⬇️⬇️⬇️

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *