Fotos de mulheres com Cicatriz da Mastectomia vira Obra de Arte-Scar Project

Nunca pensei que fosse achar beleza em fotos de mulheres com Cicatriz da Mastectomia…

Mas em 2014, quando eu ainda estava em tratamento, eu assisti uma exposição que me impactou profundamente e mudou a forma como hoje eu vejo a minha cicatriz.

É sobre essa exposição que quero falar nesse Artigo… E ao final dele, você também vai mudar a maneira como se enxerga (independente de cicatriz).

Pode uma exposição intitulada: Cicatriz, na qual desnuda uma série de mulheres sobreviventes (ou não) de câncer de mama, mutiladas por cirurgias e/ou carecas por conta de quimioterapia, ser considerada uma obra de arte?

Talvez, se eu tivesse visto essa mesma exposição antes do meu diagnóstico, mesmo tendo formação acadêmica em artes, a classificaria  como uma obra de extremo mal gosto.

Afinal, o belo cada dia mais, em nossa sociedade, está associado à perfeição.

E o culto ao corpo perfeito, o rosto sem rugas é tido como o padrão de beleza.

Cada dia mais as pessoas pagam um preço alto para estar nesse padrão irreal de beleza, para não envelhecer, para serem magras, musculosas ou qualquer outro padrão que elas acreditam que precisam para finalmente se sentir feliz.

No entanto, somente uma pessoa que tenha vivenciado de perto o drama de quem é diagnosticado com câncer e luta pela sua cura, teria a sensibilidade de retratar a beleza perturbadora que pode existir no meio de quem vive esse momento.

 

O fotografo, David Jay, realizou o Scar project, depois que uma amiga jovem, morreu. Segundo o próprio fotógrafo, ele não gostaria de ter realizado o projeto, pois isso significa que alguém que ele amou morreu de câncer de mama.

Então, mais que um projeto artístico, o Scar Project  é uma campanha de sensibilização, onde são retratadas mulheres entre 18 e 35 anos que foram diagnosticadas com câncer de mama.

Por outro lado, o que levaria a mulheres que estão vivendo esse drama pessoal, se desnudar e se expor,  não somente para um fotografo, mas para toda uma sociedade?

Talvez, a mesma motivação e necessidade que me leva a desnudar a minha alma e escrever aqui no meu Blog para você…

O fato, é que me vi representada em cada uma dessas mulheres com cicatriz da mastectomia:

BARBIE, 36

Desistir ou ceder não é uma opção. Eu saltei de paraquedas  surfei, nadei, pedalei e concluí cerca de 15 maratonas desde o diagnóstico… Precisava permanecer ativa por minha própria sanidade e dignidade…

Não acredito que as pessoas realmente vêem o câncer de mama. Elas ouvem sobre isso, mas não escutam com atenção. É uma coisa terrível que acontece com todo mundo, mas nunca poderia acontecer com elas. Todos precisam ver o realismo desta doença . 

BRIGID O, 36
Você tem que remover uma parte do corpo, e pensar na maneira como essa parte do corpo se conecta com sua auto-imagem e autoestima, e como não percebia quão importante ela era importante para você …

 

CANDICE RAE, 30

…Minha cicatriz é apenas uma linha poderosa que aponta para a esperança, fé e amor. Elas me mostram que o câncer não pode triunfar, mesmo na estrada mais desgastante. Elas me mostram que a vida é mais profunda do que aquele carro novo. Quem se atrever a amar algo mais que cicatrizes, saberá que é por isso que a vida vale à pena viver e lutar . 

ELIZA H, 22

… Eu comecei a perceber que minha cicatriz não era nada para me envergonhar. Sim, ela me fez diferente de outras mulheres de minha idade, mas também me fez mais firme e forte … Minhas cicatrizes  pintam uma historia de não apenas sobreviver, mas de viver.

EMILY K , 32

…Os seios com os quais eu nasci e vivi até os 32 anos tinham que ser retirados a fim de salvar a minha vida. Não sinto necessidade de obter novos seios. Este é o meu verdadeiro eu…

JAQUELINE O, 31

… Mostrar a cicatriz de minha luta contra o câncer, é como estar dizendo: Você perdeu câncer, 2×0 para mim e eu estou aqui viva  mostrando que mais uma vez sou mais forte que você. Você pode ter tirado temporariamente meu seio e meus cabelos, mas não conseguiu tirar a minha vida…

JOLENE V ,17

… Este projeto é uma inspiração para os outros perceberem que a vida é bela. Seja ela com mamas ou sem, com cabelo ou sem, há beleza em tudo!

PAULINA W,32

…Como eu, extremamente atlética, jovem, um indivíduo saudável pude pegar isso! Isso nocauteou a minha arrogância de ser saudável. Ainda que eu faça yoga, não fume ou beba, surfe por anos, ainda assim eu posso ter câncer. Isso mudou a minha visão de vida completamente .

Antes de ter câncer de mama eu associava câncer com morte. Eu não podia imaginar como era uma mastectomia, mas de longe parecia feio. Hoje eu entendo que o câncer de mama infelizmente é comum, mas com sorte, é curável se você descobre cedo.

Ainda me sinto feminina, sexy, atraente. É algo que não afetou o meu jeito… Eu queria que outras mulheres fossem capazes de olhar suas cicatrizes e ver que não são tão ruins quanto elas imaginam…

SYLVIA S,25

Aos 25, minha vida passou na minha frente . Eu não podia ajudar e sentia parte de minha juventude roubada de mim. A cicatriz que ficou simboliza a dor e a beleza da minha experiência …

Eu queria que o mundo soubesse que apesar do câncer ter mudado o meu corpo, eu me recusava a deixá-lo corromper o meu espírito . A vida tem sido simplesmente fantástica!

TONI G , 29

… Dos seios que quase me tiraram a minha vida, cada uma das cicatrizes conta detalhadamente a minha história e a minha batalha contra o câncer . Eu quero que toda mulher enfrentando essas inimagináveis decisões, saibam que não estão sozinhas e que com coragem e força, que talvez elas nem saibam que tenham, podem ser uma verdadeira guerreira.

VANESSA T,25

O câncer de mama é uma parte de minha vida , mas ele não me define. Nunca vai ser o que eu sou, ou tudo o que faço … Sim, eu tenho câncer de mama, e sim, é duro; e sim é um desafio permanente, mas todo mundo tem suas próprias lutas… Minhas cicatrizes são apenas metade da minha história . Elas não mostram as lutas emocionais e particulares que estão continuamente presentes.

VÍVIANE O , 29

…Já se passaram 2 anos . Uma coisa que penso muito é como tem sido tão intenso, parece para mim que estes dois anos foram como se tivesse vivido pelo menos 10…

O câncer redefiniu, redefine e redefinirá meu eu. É estranho eu sei, mas minha vida foi invadida de por beleza depois do diagnóstico. Eu escolhi viver a vida que pulsa. Isso muda. Beleza é uma energia que emana da gente.

Scar Project mostra a força, vida e porque não dizer, beleza, em cada mulher que sobrevive ao câncer de mama. Também é sobre desmitificar as cicatrizes físicas deixadas e até mesmo celebrá-las como medalhas de uma heroica batalha.

E  hoje, quando me olho nua diante do espelho sinto um imenso amor e respeito pelo meu corpo que lutou bravamente e venceu!

Sou muito grata pelo corpo que tenho e que me permite andar, falar, ver, sentir, amar, VIVER!

Sim, tenho cicatrizes. Mas elas não me definem.  

Não sou o meu corpo. Sou toda a experiência de vida que vive dentro desse corpo! E como isso não pode ser belo?

Se você sente que a sua Autoestima foi parar lá no seu dedão do pé depois que você fez a sua Mastectomia, leia esse Artigo: 10 Atitudes valiosas para você elevar a sua Autoestima durante o Tratamento.

cancer-mama -cicatriz da mastectomia-quimioterapia-fotos-thescarproject-David Jay-dascoisasquetenhoaprendido

 

cancer-mama -cicatriz da mastectomia-quimioterapia-fotos-thescarproject-David Jay-dascoisasquetenhoaprendido

 

cancer-mama -cicatriz da mastectomia-quimioterapia-fotos-thescarproject-David Jay-dascoisasquetenhoaprendido
Você foi diagnosticada  com Câncer e ainda tem muitas dúvidas?  saiba o que é Mentira e o que é Verdade a respeito desse assunto.
Baixe GRATUITAMENTE o meu livro digital, CLICANDO AQUI.

2 Comentários


  1. Bom Dia!!!! Me chamo carina Nascimeto.
    Estou gostando do livro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *