É verdade que câncer faz cair cabelo? Veja os mitos e verdades sobre o assunto

Você sabia que muita gente acha que o câncer faz cair cabelo? Pois é… Apesar de algumas pessoas com câncer apresentarem também algum quadro de alopecia, não é a doença que faz o cabelo cair. Essa primeira ideia errada acaba fazendo com que apareçam vários mitos sobre o assunto e tudo se torne uma bola de neve. Pensando nisso, separei alguns mitos e verdades sobre a queda de cabelo durante o câncer. 

Vale mencionar que o cabelo já foi motivo de muita preocupação para os pacientes oncológicos, principalmente as mulheres, mas eu realmente acredito que dá sim para ter uma autoestima muito boa e um baita estilo mesmo sem cabelo nenhum. Muitas pessoas também acreditam que a queda de cabelo feminino pode ser câncer e, neste post, irei te mostrar que essa ideia cai totalmente por terra.

Câncer faz cair cabelo
Há maneiras de manter a autoestima mesmo sem cabelo. | Foto: Freepik.

Verdades

Decidi primeiro começar com as verdades, pois são elas que vão esclarecer todos os mitos que virão a seguir e darão um panorama geral sobre o motivo do cabelo dos pacientes oncológicos cair durante o tratamento de câncer. Se você tiver essas verdades em mente já vai ser possível desmascarar várias mentiras que possam aparecer em seu caminho. 

O que causa a queda de cabelo é o tratamento, e não o câncer

Muita gente acha que o câncer causa queda de cabelo. Essa é uma das ideias que não são verdadeiras, mais antigas do mundo. O que acontece, na verdade, é que o tratamento do câncer geralmente é a quimioterapia ou a radioterapia (que não é um medicamento! É radiação).

Essa força dos medicamentos tem como finalidade eliminar todas as células cancerígenas, mas acaba que eles também afetam outras células saudáveis, inclusive as capilares. Você pode perceber que não é só o cabelo que cai, os pelos do corpo e da sobrancelha também costumam cair. Ou seja, a radioterapia cai o cabelo e a quimioterapia também. 

Só para que você entenda melhor sobre a quimioterapia, ela tem por finalidade matar as células de crescimento rápido. E os folículos pilosos são células de crescimento rápido. Por isso que algumas quimioterapias fazem cair o cabelo. 

O cabelo pode nascer diferente após o câncer

Não sei se você se lembra mas o ator Reynaldo Gianecchini teve câncer, quando ele terminou o tratamento, seu cabelo começou a crescer encaracolado, gerando grande alvoroço e dúvidas entre as pessoas que acompanham o artista. Pois é, o cabelo pode sim nascer com outros aspectos em seu crescimento pós-tratamento. 

O que ocorre é que o tratamento, seja ele de quimioterapia ou de radioterapia, é tão forte que altera as células germinativas do couro cabeludo, mudando o aspecto da primeira remessa de cabelo após a finalização do tratamento. Isso reforça o fato de que a quimioterapia cai o cabelo, assim como a radioterapia. Se você ama o seu cabelo e morre de medo dele não voltar a ser como era antes, calma que eu tenho uma notícia boa: geralmente somente a primeira remessa de cabelo vem diferente e os fios vão voltando ao normal com o tempo. 

Câncer faz cair cabelo
Pelo fato de o tratamento ser forte, a primeira remessa de novos fios de cabelo podem ser diferentes. Foto: Freepik.

Mitos

Agora que eu já falei das verdades, vamos para os principais mitos. Já adianto de imediato que a ideia de que queda de cabelo feminino é super falsa (o que causa a alopecia é o tratamento, lembra?), assim como a existência de um câncer de cabelo. Mencionei esses itens aqui pois essas são frases vistas em menor frequência e possui um efeito menos desesperador do que essas:

Todo mundo que tem câncer perderá cabelo

É, pois é… A afirmação de que todo mundo que tem câncer necessariamente perderá o cabelo, não é uma verdade. Mas calma, eu não quero te dar tantas esperanças, pois a maioria esmagadora das pessoas que passam por um tratamento tão forte quanto a quimioterapia ou a radioterapia desenvolvem sim um quadro de alopecia, mas não são todas.

Mas, saiba que a radioterapia só faz cair cabelo na área irradiada, o que significa que o cabelo pode cair em quem faz radio na cabeça por conta de um câncer cerebral.

 

Como você muito provavelmente já sabe, cada organismo é um organismo e cada corpo responde aos tratamentos de forma diferente. Assim, é perfeitamente possível que as células capilares de uma pessoa não sejam afetadas com o tratamento, mas, como eu já disse, essa é uma situação bem rara. 

Usar toucas e lenços atrapalha no crescimento do cabelo

Esse é um mito que não é tão difundido assim, mas ainda vejo algumas pessoas dizendo para pacientes com câncer que usar toucas, lenços, perucas e outros acessórios que tampam a cabeça sem cabelo atrapalham no crescimento do cabelo. A divulgação dessa ideia é muito perigosa pois esses itens estão intimamente ligados com a autoestima dessas pessoas. 

Está sim liberado o uso de qualquer um desses acessórios e, se te fizer bem, não é só liberado como recomendado. Uma dica especial minha é: nunca deixe de usar protetor solar na careca, tenho certeza que você não quer aparecer com ela toda queimada e nem pegar uma insolação. 

Como estimular o crescimento do cabelo após o tratamento

Agora que você já sabe que não é verdade que o câncer causa queda de cabelo, é hora de falarmos sobre coisas boas: a recuperação da doença, fim de tratamento e, claro, crescimento do cabelo. 

Está cada vez mais comum ver mulheres que gostam tanto de ser carecas que mesmo após a finalização do tratamento continuam usando o mesmo estilo, mas, por um outro lado, existem outras que estão doidas para verem suas madeixas novamente. Se o seu caso for o segundo, vem comigo que eu te explico as melhores formas de estimular o crescimento de seu cabelo. 

Crioterapia capilar

Não recomendo a crioterapia ou touca gelada. Na época em que estava em tratamento, não existia essa opção, então precisei assumir a careca. 

No entanto, conheço várias alunas e clientes que usaram estes métodos e a maioria não gostou do resultado. O cabelo cai muuuuuito durante o tratamento e a maioria se vê obrigada a cortar curtinho.

E é muito desconfortável ficar com um “balde de gelo” na cabeça durante a quimioterapia que já é sacrificante. Ou seja, é muita “sofrência” para pouco resultado. 

Essa técnica consiste basicamente no paciente oncológico colocar uma touca bem gelada na cabeça durante suas sessões de quimioterapia ou radioterapia. Essa touca diminuirá o fluxo de sangue na cabeça e fará com que as células deem uma parada em seu trabalho o que, consequentemente, impede que o tratamento tenha influência naquelas células específicas. 

Câncer faz cair cabelo
O uso de lenços, turbantes ou perucas ajudam a elevar a autoestima feminina durante o tratamento de câncer. | Foto: Freepik.

Alimentação

Se você me acompanha já há algum tempo sabe como eu acredito no poder da alimentação e se você me conheceu com esse texto que não é verdade que câncer faz cair cabelo é essa informação é nova para você: bem vindo.  Existem sim alguns alimentos para fazer o cabelo crescer como as frutas cítricas e os peixes. Saiba mais sobre essas comidas clicando aqui. 

Agora que já derrubei o mito de que o câncer faz cair cabelo, que tal acompanhar outros conteúdos aqui do site? Minha missão é justamente trazer orientações, motivação e clareza após o diagnóstico da doença, que, na maioria das vezes, traz uma sensação de escuridão para os pacientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *